sexta-feira, 26 de maio de 2017

Consórcio da Mota-Engil ganha obra de 430 milhões de euros na Colômbia

O consórcio Alternativas Viales, participado em 25% pela Mota-Engil Engenharia e Construção, na Colômbia, venceu a concessão de cerca de 256 quilómetros de estradas com portagem, num investimento total de 430 milhões euros, segundo o comunicado da Mota-Engil à CMVM. Recorde-se que a aposta nos países latino-americanos não é de agora, e que em 2014 a Mota-Engil conquistou contratos de 520 milhões de euros no México e na Colômbia.

Nesse comunicado a Mota-Engil informa que a concessão abrange o financiamento, construção, reabilitação, melhoramento, operação e manutenção dos corredores viários Ibagué-Mariquita-Honda e Cambao-Armero-Líbano-Murillo-La Esperanza-Manizales, com cerca de 256 quilómetros, correspondentes a cinco troços de estradas com portagem.

A construção destas estradas tem um prazo de 4 anos, e a concessão das mesmas uma duração de 30 anos, num investimento total de 430 milhões de euros. No contrato está incluída a construção e a manutenção das estradas.
O consórcio Alternativas Viales é constituído por mais quatro empresas locais, nomeadamente Gaico Ingenieros Constructores S.A.S., ICEIN Ingenieros Constructores S.A.S. e ALCA Ingeniería S.A.S/Fortress S.A.S.







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO