sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

dstgroup executa ETAR da Comporta no valor de 1,9 milhões de euros

A dst,sa, empresa do dstgroup, é a empresa responsável pela conceção e execução da ETAR da Comporta, uma empreitada ganha no concurso público lançado pelas Águas Públicas do Alentejo, pelo valor de cerca de 1,9 milhões de euros.

Com uma área de implantação na ordem dos 7000 m2, a futura ETAR da Comporta irá servir o lugar de Comporta, em Alcácer do Sal e terá uma capacidade total global para servir 2500 habitantes. A empreitada hidráulica terá consideradas zonas de reserva, o que lhe permitirá triplicar a respetiva capacidade e responder, caso necessário, a exigências equivalentes a mais cinco mil habitantes. Assinado pela Noráqua, o projeto prevê que as águas residuais brutas cheguem à ETAR exclusivamente a partir da Estação Elevatória da EE da Comporta, através de uma conduta elevatória.

A infraestrutura estará equipada com um sistema de tratamento tecnologicamente avançado, incluindo tratamento primário, biológico e desinfeção adicional para produção de água para reutilização e tratamento de lamas por desidratação, com o objetivo de atingir elevados níveis de tratamento com a menor pegada possível. O tratamento biológico por lamas ativadas num sistema sequencial funcionará em regime de média carga, durante a época alta, e em baixa carga durante a época baixa. O projeto pretende contribuir para a sustentabilidade ambiental da região em que se insere, particularmente do ecossistema do Estuário do Sado, área classificada como Reserva Natural.
A presente empreitada, com data de conclusão apontada para maio de 2021, permitirá melhorar as condições de tratamento das águas residuais da Comporta, localidade onde o investimento em infraestruturas turísticas está a crescer.










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO