sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Onyria Palmares vence pela 6ª vez consecutiva a categoria "Melhor Campo de Golfe do País"

O Onyria Palmares Beach & Golf Resort, situado em Lagos, foi considerado pela 6ª vez consecutiva o Melhor Campo de Golfe do país nos Prémios Publituris Portugal Travel Awards 2017. Prémio que vence desde o primeiro ano completo de operação, em 2012.

Este prémio, atribuído pelo Publituris, considerado o mais prestigiado do turismo nacional, surge também no seguimento do reconhecimento internacional que o campo tem tido ao longo destes últimos anos: considerado o Nº21 na Europa Continental pela “Golf World” e TOP 3 em Portugal pela “Golf Digest” e pela “Today’s Golfer”.

E reforça ainda o posicionamento do grupo que em 2013 também venceu o prémio de “Golf Tourism Supplier of the Year”, atribuído pela prestigiada IAGTO.

A cerimónia de entrega de prémios, realizada no dia 21 de Setembro de 2017, atribuiu 21 distinções entre empresas, instituições e personalidades do Turismo Nacional.

Onyria Palmares Beach & Golf Resort tem um campo de golfe de 27 buracos e foi totalmente remodelado em 2011 pelo prestigiado arquiteto Robert Trent Jones Jr., destacando-se pela sua localização única e com vistas deslumbrantes para a Ria de Alvor, Meia-Praia e para a cidade de Lagos.
Em 2012 foi considerado o melhor destino de férias no mundo do TripAdvisor.

Ler o resto do artigo >>

Bosch Security Systems expande atividade em Ovar

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inaugurou nesta sexta-feira, dia 22, na Bosch Security Systems, em Ovar, uma nova área produtiva que vai permitir à empresa expandir a sua atividade na região. A nova superfície de produção tem 4.000 m2 efetivos e mais 3.000 m2 pré-preparados para o crescimento nos próximos anos, e traduz-se num investimento de 2,9 milhões de euros. A expansão da produção em Ovar vai permitir um aumento de 10% no volume vendas já em 2017 e cerca de 45% no próximo ano.

Para responder aos novos projetos na produção, serão contratadas 240 pessoas até março de 2018. Desta forma, a empresa passará a contar com cerca de 800 colaboradores, um crescimento que irá contribuir para reduzir em cerca de 10% o desemprego no concelho de Ovar. António Pereira, administrador da Bosch em Ovar, explica: “Este espaço representa um crescimento conseguido com o empenho, dedicação e talento de cada um dos nossos 689 colaboradores. Essa equipa acreditou e mostrou ao Grupo Bosch que é possível fazer bem e de forma competitiva a partir de Ovar.”

O desenvolvimento da Bosch em Ovar resulta da aposta da empresa a diversificação do portefólio de produtos e aumento da robustez do negócio. Hoje, esta é a principal fábrica de videovigilância e sistemas de comunicação e deteção de incêndio da Bosch em todo o mundo.

O sucesso desta unidade de produção é visível pelos projetos que tem realizado e dos quais se destacam: a produção de modernas câmaras de videovigilância colocadas na Amadora ou os sistemas de comunicação da Casa Branca, por exemplo. Na nova área recém-inaugurada, a Bosch em Ovar vai produzir e exportar peças eletrónicas para as fábricas das divisões de Termotecnologia, Ferramentas Elétricas e Eletrodomésticos da Bosch em todo o mundo.

Além de expandir as suas atividades produtivas, a empresa está ainda a investir em Investigação e Desenvolvimento, e a desenhar uma parceria com a Universidade do Porto que estará focada nas cidades seguras e também na indústria 4.0. “A Bosch está a contribuir para o desenvolvimento da região de Ovar, que acreditamos poder vir a tornar-se, cada vez mais, num centro para a produção e desenvolvimento de soluções para as cidades seguras e indústria eletrónica de ponta.”, conclui António Pereira.

Recorde-se ainda que Bosch Ovar foi a primeira fábrica da Bosch fora do setor automóvel a ser distinguida como “finalista” no EFQM European Excellence Award 2016.

Ler o resto do artigo >>

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Glícinias Plaza de Aveiro vai ser ampliado, num investimento de 40 milhões de euros

O centro comercial Glicínias Plaza, em Aveiro, vai ser alvo de uma ampliação e renovação, no valor total de 40 milhões de euros, com a construção de dois novos pisos, divulgou o proprietário do espaço, o Grupo Vougainvest. A obra será realizada de janeiro de 2018 a outubro de 2019.

O Glícinias Plaza tem atualmente 28.000 metros quadrados de área, 75 lojas e 18 restaurantes. A intervenção contempla a criação de mais dois pisos e um terraço, passando o centro comercial a ter 41.000 metros quadrados, 120 lojas e 2.000 lugares de estacionamento. Além disso, será também construído um parque infantil e melhorados os acessos rodoviários.

As obras decorrerão de forma articulada com a utilização do centro comercial, mantendo-se este em funcionamento durante todo o prazo da empreitada.
A apresentação do projeto realizou-se no museu de Santa Joana, em Aveiro, e contou com as presenças de Jorge Buco, do gerente do Grupo, Daniel Lafforgue, do arquiteto responsável pelo projeto, Vítor Pais, e do presidente da Câmara de Aveiro, José Ribau Esteves.

Ler o resto do artigo >>

Metade dos cursos de Engenharia Civil estão vazios mas continuam abertos. Porquê?

Parece óbvio que manter abertos muitos cursos de engenharia civil que ficam vazios ou com meia dúzia de alunos é prejudicial e não faz qualquer sentido. Os poucos alunos que lá vão parar têm mais a perder do que a ganhar, a qualidade média do ensino nos cursos de engenharia civil vai descendo - e a sua credibilidade também. Isto afeta a curto prazo o ensino da engenharia civil, e a médio prazo o exercício da profissão.

Algumas questões ficam a pairar sobre o assunto. Quantos mais anos com vários cursos de engenharia civil vazios serão necessários para fechar definitivamente esses cursos? A quem interessa mantê-los abertos?
Imagem retirada da capa do Jornal de Notícias de 17 de Setembro

Deixe-nos a sua opinião sobre este assunto nos comentários.

Ler o resto do artigo >>

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Gabriel Couto constrói hotel na Herdade da Aroeira

Localizado a 25 km do centro de Lisboa e apenas a 600 metros da praia, o hotel da Herdade da Aroeira ficará integrado num grande condomínio de luxo composto por habitações de diversas tipologias, onde sobressaem dois campos de golfe de 18 buracos. A Herdade da Aroeira destaca-se numa área preservada com 350 hectares, onde abundam alguns milhares de pinheiros e sobreiros, árvores características desta área costeira, que em conjunto com os lagos existentes proporcionam um microclima temperado neste espaço.

O êxito alcançado na construção de unidades hoteleiras com características únicas e vanguardistas foi decisivo para a construtora Gabriel Couto ter ganho o concurso para construir o aguardado empreendimento hoteleiro de Aroeira, um condomínio de luxo que vem ganhando notoriedade com o passar dos anos.
Inserido num lote com uma área de 14.878 metros quadrados, o futuro hotel da Herdade da Aroeira será constituído por uma cave e mais dois pisos, onde se desenrolarão os 70 quartos projetados. Da autoria do gabinete de arquitetura Saraiva + Associados, esta nova unidade hoteleira terá a sua textura exterior toda em madeira de forma a obter um enquadramento mais adequado com a paisagem.
No piso térreo deste hotel, além de existirem 33 quartos, concentram-se todos os serviços que o hotel disponibilizará, como seja a piscina, “fitness center”, sala de reuniões, restaurante, um lounge bar e um terraço para melhor usufruir do envolvimento da natureza, enquanto o piso superior será composto pelos restantes quartos.

Sempre em plena harmonia com os conceitos da natureza característica deste local, no “masterplan” do projeto em questão, está ainda prevista a construção de um futuro centro de congressos, cuja multifuncionalidade assume a simbiose perfeita com os locais de lazer envolventes. O promotor pretende, assim, construir um hotel de qualidade e centro de congressos, envolvidos num ambiente calmo, mediterrâneo e sofisticado, com a envolvência de muitos espaço verdes, e a uma curta distância praia.
 
De referir que, nos últimos anos, a Gabriel Couto tem sido responsável pela execução de diversos projetos hoteleiros construídos no nosso país, trabalhando com os principais promotores do setor e grupos privados portugueses, o que «demonstra de forma inequívoca a confiança que os investidores neste nicho de mercado têm vindo a depositar na nossa competência», segundo Carlos Couto, o CEO da Gabriel Couto.

Ler o resto do artigo >>

Grupo dst celebra Semana Europeia da Mobilidade

O grupo dst assinala a Semana Europeia da Mobilidade, que decorre entre os dias 16 e 22 de setembro, com um calendário de atividades transversal aos mais de mil funcionários do grupo. A iniciativa, que decorre todos os dias da semana, destina-se a promover a mobilidade sustentável e culmina numa ação de celebração do Dia Europeu Sem Carros.

A ação de sensibilização para a necessidade da mudança de comportamentos, relativamente à mobilidade, arranca hoje (segunda-feira) com o lançamento da Plataforma CarSharing dst, através da qual os colaboradores se podem registar para partilha de viagens profissionais e também pessoais, bem como partilha de transporte para a distribuição de materiais solicitados pelas obras (encomendas). Esta plataforma interna foi desenvolvida pela innovation point, empresa pertencente ao grupo dst e está disponível para todos os colaboradores através dos computadores ou on-the-go, nos smartphones. A ideia surgiu de colaboradores do grupo na plataforma interna de gestão da inovação (caixa da inovação), tendo sido considerada uma boa ideia a desenvolver. Assim, foi alvo de discussão e sujeita a brainstorming interno pela equipa dos gestores locais de inovação (GLI’s), de sessões de innovation talks com a presença de diversos colaboradores do grupo e incorporou diversas sugestões de todos. Para além da redução do número de viagens individuais e da particularidade de recompensar os colaboradores que aderirem, a CarSharing apresenta significativas e impactantes vantagens sociais e ambientais.

Amanhã , o grupo promove um inquérito junto dos funcionários de obra relacionado com o tema da mobilidade. Ao aderir a esta iniciativa, os participantes ficam automaticamente habilitados a participar no sorteio de vales de compras, para utilizar na Decathlon ou na Go By Bike (Braga).

Na quarta-feira, dia 20, os colaboradores são convidados a participar em test-drives de carros elétricos, no complexo dst, sendo disponibilizados para o efeito dois Renault Zoe. Para além de proporcionar a experiência de conduzir um automóvel 100% elétrico, silencioso e, sobretudo ecológico, o grupo dst habilita os participantes a ganhar um fim de semana ao volante de um carro elétrico, alargando assim a possibilidade de os vencedores partilharem a experiência “eletrizante” e amiga do ambiente com a respetiva família. No dia seguinte, prosseguem as ações de test-drive ecológicas, mas com bicicletas elétricas e bicicletas urbanas.

No Dia Europeu Sem Carros, que se assinala na sexta-feira, o grupo dst promove a “dst by bike”, iniciativa através da qual um número alargado de colaboradores fará o percurso diário “casa-trabalho” de bicicleta. A partida está agendada para as 8 horas, no centro da cidade de Braga, estando prevista a chegada ao complexo dst por volta das 8h45.

Para além de todas estas ações, os colaboradores podem ainda usufruir ao longo da semana de descontos na Go By Bike, parceira do grupo dst na Semana Europeia da Mobilidade.

Ler o resto do artigo >>

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Crescimento na reabilitação urbana abranda

Após três meses consecutivos de forte subida na reabilitação urbana, o mês de Julho foi de estabilização. Porém verificam-se aumentos na carteira de encomendas e na produção contratada.

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOP) divulgou dados sobre a actividade da reabilitação urbana em Portugal e conta que, após 3 meses consecutivos de aumento da actividade, em Abril, Maio e Junho, de respectivamente 7,7%, 22,6% e 24,1%, em termos homólogos trimestrais, no mês de Julho registou-se uma variação de - 0,7%.

Estes resultados baseiam-se num inquérito feito aos empresários que operam no sector da reabilitação urbana e que para além de avaliar o crescimento, avalia também a evolução da Carteira de Encomendas que, por sua vez, continua a crescer, com uma variação de 26,8% em termos homólogos trimestrais.
Outro parâmetro avaliado foi a Produção Contratada em meses, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, que se fixou em 8,7 meses e que se traduz num aumento de 17,7% em termos homólogos.

---
Artigo escrito por Vânia Baptista.

Ler o resto do artigo >>

Ad Quadratum Arquitectos vai reabilitar antigo hotel das Termas de Melgaço

O emblemático ‘Hotel do Pezo’ vai ser devolvido a Melgaço pelas mãos do Grupo Pinto da Costa & Carriço e com um projeto do gabinete de arquitectura ad quadratum arquitectos. O processo desenvolver-se-á na propriedade onde se localizava o ‘Grande Hotel do Pezo’, conjunto edificado hoje em ruínas, construído na segunda metade do séc. XIX, em propriedade autónoma, adjacente ao Parque Termal de Melgaço.

Localizado num dos mais belos recantos do Norte de Portugal, a unidade hoteleira complementará a oferta da estância termal e será uma mais-valia para a região: ‘O alojamento terá características diferenciadoras, numa filosofia de sustentabilidade ambiental.’, conta o arquitecto responsável pelo projecto, José António Lopes. O investimento na recuperação do hotel está na ordem dos 2,5 milhões de euros.
Considerando uma área da propriedade aproximada de 11.900 m2 e uma área de construção estimada em 4.500 m2 de ampliação e 1.800 m2 de reabilitação de estruturas existentes, o processo prevê a estruturação de uma unidade hoteleira sob o conceito de Hotel-Boutique, orientada para a classificação de 4 estrelas, que assenta essencialmente na reconstrução do conjunto edificado existente (hoje votado à ruína) e agora vocacionado para o acolhimentos das funções de receção, acolhimento e outras valências sociais, e ainda na ampliação com construção nova, esta acolhendo essencialmente as unidades de alojamento, dispostas ao longos de diversas alas de quartos (44 unidades).

Toda a intervenção está orientada para a observância de princípios de sustentabilidade ambiental, num contexto de adjacência ao Parque e Complexo Termal das Termas de Melgaço. Neste enquadramento, o projecto assume propósitos de grande integração paisagística, propondo espaços de estadia em íntima proximidade e comunhão com os elementos naturais da envolvente. «Associado ao gesto de reabilitação do património arquitectónico e à valorização do património natural de enquadramento, o processo assume-se como uma oportunidade de resgatar à ruína um conjunto edificado de grande significado histórico para Melgaço, desde sempre em relação próxima e ‘cúmplice’ com o complexo/fonte termal, onde o elemento Água pontua como valor maior.», afirma José António Lopes. «Aquele hotel, que um dia foi um estabelecimento de referência na região, vai voltar a ser.», afirma a CEO do Grupo, Carina Pinto da Costa.

Ler o resto do artigo >>

bilstein group reforça presença em Portugal e confia nova unidade à Garcia, Garcia

A Garcia, Garcia está atualmente a construir na Malveira, Mafra, a nova unidade logística do alemão bilstein group, um dos principais players mundiais no setor de pós-venda de peças automóveis. Este é já a terceiro centro logístico construído pela construtora nacional só este ano, o que parece confirmar a crescente importância do mercado de logística e distribuição em Portugal, bem como a retoma económica. As novas instalações permitirão ao bilstein group duplicar a capacidade de armazenamento no país, onde a sua atividade enquanto fabricante e distribuidor de produtos das marcas febi, SWAG e Blue Print, tem vindo a crescer sucessivamente.

Assumindo a disponibilidade de stock, a flexibilidade e a rapidez na resposta como fatores críticos para o sucesso no mercado de pós-venda automóvel, o bilstein group decidiu construir um novo centro logístico de raiz, desenvolvido e equipado com soluções de última geração, que favorecerão a eficiência da sua cadeia de fornecimento. Com uma vasta experiência no design and build deste género de edifícios, tendo sido responsável pela construção e/ou ampliação das unidades logísticas de empresas como Grupo Garland (Maia I e II, Gaia e Abóboda), Brasmar, Brunotir, ID Logistics e Nacex, a Garcia, Garcia foi o parceiro escolhido para desenvolver o projeto de engenharia e executá-lo.

Considerada pelos prémios Construir a construtora do ano em 2016, a Garcia, Garcia prevê concluir a obra em novembro. “Em função do crescimento registado nos últimos anos e naquele que está previsto para os próximos, o bilstein group reforça a sua posição em Portugal e antecipa o futuro. Assim, o novo edifício permitir-lhe-á quadruplicar a sua área administrativa e social e duplicar a sua capacidade de armazenagem, mas está a ser construído prevendo a possibilidade de expansão”, explica Carlos Garcia, administrador da construtora.

As novas instalações irão, por um lado, potenciar a otimização da cadeia de fornecimento da empresa, e, por outro, alavancar o crescimento do negócio em Portugal, assim como, sustentar outras necessidades em outras geografias. Com um volume de negócios superior a 500 milhões de euros, o bilstein group está presente em mais de 170 países.
Um dos desafios de engenharia assumidos pela Garcia, Garcia foi a maximização da área útil interior e a eliminação de obstáculos físicos estruturais na área de produção. Foi, por isso, definida uma solução estrutural em betão pré-fabricado com uma malha estrutural alargada como forma de reduzir o número de pilares. Ao nível construtivo, destaca-se a opção por um pavimento de alta planimetria com certificação FM2, assim como, a instalação de sete cais de carga para pesados e cinco para carrinhas.

De salientar que, confirmando o bom momento que o setor logístico atravessa no nosso país, este é o terceiro centro que a Garcia, Garcia desenvolve só este ano. Efetivamente, o mercado de operadores logísticos fechou 2016 com um volume de negócios de 510 milhões de euros, mais 2,4% face ao ano anterior, segundo um estudo da Informa D&B, divulgado no final de agosto.

Dados do projeto:
Localização: Malveira, Mafra
Arquitectura: FORM 04
Construção e Engenharia: Garcia, Garcia
Terreno: 30.406 m2
Área de Construção: 9.100 m2
Área de Armazém: 7.000 m2
Área Administrativa e Social: 2.100 m2
Prazo de Obra: 7 meses
Data de Conclusão: novembro 2017

Ler o resto do artigo >>

Empresa portuguesa investe 4 milhões de euros em Aveiro

A Oli, líder da Europa do sul na produção de autoclismos, irá investir 4 milhões de euros (M€) na ampliação da sua fábrica em Aveiro, reconhecida pela inovação e premiada pela eficiência. Este projeto visa a criação de um espaço inovador de armazenamento semi-inteligente de 5.000m2, numa área total nova de 8.000m2. Após a sua conclusão em 2018, o complexo industrial da Oli envolverá 22.000m2.

Com este anúncio, e num espaço de um ano, a Oli soma um investimento total na indústria portuguesa de 9M€. Em 2016, 3M€ foram aplicados na construção de uma nova fábrica de moldes, orientada para as indústrias hidro-sanitária e automóvel de todo o mundo, e 2M€ foram investidos na criação de um novo laboratório de inovação e alargamento da área fabril.
“Este novo investimento de 4M€ é dirigido à expansão da área industrial e de armazenamento, assim como à aquisição de alta tecnologia, com o objetivo de aumentar a eficiência operacional, que acreditamos ser determinante para melhorar a competitividade da empresa à escala mundial”, explica António Oliveira, Presidente da Oli.

"A Oli tem uma vocação internacional - está presente em 70 países dos cinco continentes - e uma identidade associada à inovação, sendo este investimento o reforço da capacidade exportadora e o reflexo da nossa ambição de evolução e de confiança em Portugal e no futuro”.

"Sublinhamos ainda a celeridade da Câmara Municipal de Aveiro, em particular do Presidente José Ribau Esteves, na agilização dos procedimentos necessários para dar início a este projeto de imediato" afirma António Oliveira.

Ler o resto do artigo >>

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO