Saiba quanto pode poupar no seu seguro automóvel em 30 segundos.

Clique aqui e descubra já!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Extrusal lança sistema de caixilharia sustentável para grandes superfícies envidraçadas

A Extrusal, especialista na extrusão e tratamento de perfis de alumínio para aplicação na Arquitetura e Indústria, apresenta o novo sistema de correr com rutura térmica B.095 RPT, que complementa a gama de produtos da marca dirigida às especificidades dos projetos arquitectónicos. O B.095 RPT é composto por duas soluções: uma versão tradicional e uma elevatória ligeira. O novo sistema de correr vai ao encontro das tendências da arquitetura contemporânea focada na iluminação natural dos espaços, através das grandes superfícies envidraçadas, e está dotado de vistas de alumínio reduzidas, permitindo a construção de janelas de envergaduras até os 3m, perfazendo uma área envidraçada de 6 m2.

A solução alia o design à sustentabilidade, respondendo às exigências térmicas, acústicas e de resultados AEV (permeabilidade ao ar, estanquidade à água e resistência à pressão do vento) da caixilharia. Para além do elevado desempenho, destacam-se a competitividade do preço, em relação a outras soluções existentes no mercado, e a fácil montagem que permite o aumento da produtividade dos profissionais da construção.

A usabilidade do sistema resulta do fácil manuseamento e deslizamento das folhas, através da inserção de rodízios que suportam as folhas de 200Kg (opção extra de 300 Kg). O deslizamento dos rodízios é efetuado sobre perfis em alumínio, anodizados a 25µ e à cor natural, o que permite uma redução significativa do atrito das rodas. O acabamento da manete está disponível em branco, preto ou ACNA.
A segurança é assegurada pelos mecanismos de fecho multipontos aplicados diretamente na folha. O acionamento da folha de serviço é efetuado através de um cremone e o da folha passiva por um fecho embutido, permitindo o cruzamento de ambas as folhas. Estes dispositivos caraterizam-se pela sua fiabilidade e durabilidade, não exigindo elevados critérios de manutenção nem afinações periódicas que os fechos convencionais estão sujeitos.

O B.095 RPT é composto por diversas tipologias de abertura, de uma a seis folhas móveis, com possibilidade de imobilização de uma delas. O aro fixo é composto por um carril simples, duplo ou triplo. A montagem dos perfis do aro fixo pode ser realizada em corte direito ou à meia esquadria. Os aros poderão ainda ser dotados de perfis de remate destinados a obras de reabilitação.

Por último, potencializando os melhores desempenhos acústicos e térmicos, o sistema admite vidros de 28 a 34 mm, fixos através de bites, e poliamidas exclusivas com espessuras de 22 e 24 mm. Outro destaque foi o desenvolvimento de um perfil específico em PVC que alberga os fechos, impedindo assim, pontes térmicas para uma melhoria significativa dos desempenhos térmicos dos caixilhos.

Para o escoamento das águas foi utilizado o convencional sistema de drenagem utilizado nos restantes sistemas Extrusal: perfil de soleira com tubular largo, carris dotados de pingadeiras, rasgos de drenagem estrategicamente posicionados, peças de vedação localizadas em locais críticos, utilização de vedantes em EPDM e pelúcias com membranas. Todos os canais podem são ventilados e drenados.

Ler o resto do artigo >>

Oli lança catálogo para a Hotelaria que incentiva a economia de água

A Oli lança o primeiro catálogo para a Hotelaria, com o objetivo de contribuir para a adopção de práticas verdes do setor, nomeadamente de economia de água nos espaços de banho. A marca estima que, através da introdução de novos mecanismos com dispositivos economizadores de água nos sistemas de instalação sanitária, um hotel com 100 quartos obtenha uma redução de consumo superior a 30%.

Comprometida com o desenvolvimento sustentável e a competitividade, a Oli apresenta soluções versáteis, para aplicação em projetos de construção nova, reabilitação e renovação, com um design contemporâneo que permite a integração em diferentes ambientes e responde às exigências estéticas dos clientes. Entre as várias propostas destacam-se a “Torneira de bóia Azor Plus”, o “Sistema Happy Air” e o módulo sanitário “Quick Refit” (QR).

A “Torneira de bóia Azor Plus” é uma solução economizadora com um sistema retardador de entrada de água no autoclismo, que impede o enchimento do tanque enquanto a válvula de descarga está aberta evitando assim o desperdício de água durante a descarga de água para os sanitários.

O sistema “Happy Air” soluciona o problema de renovação da troca de ar em casa de banho sem janelas. O extrator de alta potência permite que os odores sejam extraídos diretamente do tubo de descarga da casa de banho e a condensação, através de uma placa elegante e discreta. A solução é incorporada no autoclismo OLI74 Plus.
O Quick Refit (QR) é um módulo sanitário com dimensões reduzidas e alta tecnologia incorporada, sendo uma opção para uma rápida renovação da casa de banho ou para novas instalações sanitárias. Não necessita de intervenção nas paredes existentes e pode usar as ligações de entrada e saída de água existentes.

Há 60 anos que a Oli se dedica ao desenvolvimento e à produção de sistemas de instalação sanitária, tendo assinado algumas das mais relevantes inovações, nomeadamente a dupla descarga do autoclismo, apresentada há 20 anos, hoje presente em todo o mundo, sendo responsável pela poupança de água na ordem dos 50%.

Ler o resto do artigo >>

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Apps do Imovirtual com funcionalidade de "filtro geográfico"

O Imovirtual acaba de lançar uma nova funcionalidade de pesquisa no mapa, disponível nas suas apps para mobile, para Android e iOS. Através da opção “Perto de mim”, o utilizador poderá simplificar a sua pesquisa, de acordo com o local onde se encontra, desenhando com o próprio dedo no ecrã do telemóvel ou tablet, a área geográfica onde pretende pesquisar um imóvel.

Trata-se de uma inovação pioneira em Portugal, que vem simplificar e completar a pesquisa do utilizador. Até ao momento, era apenas possível determinar a pesquisa de imóveis através de uma ligação GPS, que apresentava os imóveis disponíveis num raio de 2 quilómetros. Agora, através da opção “Perto de mim” e da área geográfica definida pelo utilizador por um simples “touch”, o utilizador consegue personalizar o seu raio de pesquisa e diminuir o número de cliques que antes seriam necessários (através dos filtros, para determinar o Concelho e a Freguesia), gerando resultados mais objetivos.
Para Miguel Monteiro, CEO da Fixeads “O mobile é uma realidade de utilização de serviços web em Portugal e vai continuar a aumentar. Nesse sentido, queremos liderar não só o negócio de classificados do sector de imobiliário, como queremos liderar a inovação no que respeita à pesquisa e à experiência de navegação, aproximando cada vez mais as funcionalidades às necessidades dos nossos utilizadores”.

Ler o resto do artigo >>

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Certificação IDI atribuída à Sotecnisol

A Sotecnisol acaba de receber a certificação IDI (Investigação, Desenvolvimento e Inovação) pela norma NP 4457, no âmbito do Sistema Português da Qualidade (SPQ), e de acordo com o IPAC, sendo a primeira empresa no seu setor de atividade a obter esta certificação.

Na base desta candidatura esteve a incessante aposta da Sotecnisol na investigação, conhecimento científico e procura permanente de soluções inovadoras para o desenvolvimento económico empresarial, posicionando-a atualmente como um dos principais players do mercado.

A certificação IDI pela norma NP 4457 baseia-se num modelo de inovação, suportado por interfaces e interações entre o conhecimento científico e tecnológico, o conhecimento sobre a organização e o seu funcionamento, o mercado e a sociedade em geral.

Este sistema está focado na captação e avaliação de ideias, partilha de conhecimento e desenvolvimento de projetos de IDI, quer internos quer em parceria com os clientes, permitindo à Sotecnisol a conceção, o alinhamento, e a avaliação das dimensões fulcrais do processo de IDI na transição para a economia do conhecimento.
Com a participação e esforço de toda a equipa da Sotecnisol, foram criadas novas metodologias que visam assegurar a contínua evolução deste sistema, que engloba todos os departamentos internos da empresa.

Para José Luís Castro, Presidente da Sotecnisol, «através desta certificação, e com todos os requisitos e responsabilidade inerente, a Sotecnisol pretende assim responder de uma forma mais assertiva às necessidades e anseios dos seus clientes».

Ler o resto do artigo >>

Vista Alegre e Larus criam coluna de iluminação pública

A Vista Alegre e a Larus desenvolveram, em conjunto, a coluna de iluminação pública “RIA” e apresentaram o protótipo nas jornadas do projeto europeu CERURBIS (Observatório Cerâmico do Espaço Urbano) que decorreram em Aveiro. Do “know-how” do mobiliário urbano da Larus e da cerâmica da Vista Alegre nasce um novo e inovador conceito de iluminação, que desafiou o material cerâmico a novas prestações técnicas e estéticas, criando um equipamento que responde às necessidades das cidades e dos cidadãos.

A coluna de iluminação “RIA” utiliza a porcelana, enquanto principal elemento diferenciador, e recorre a traços de identidade da Ria de Aveiro, nomeadamente a ondulação e os animais marítimos. Para além do design, o equipamento responde às necessidades atuais de eficiência energética dos espaços urbanos, através do índice elevado de reflexão, associado à cerâmica (60 a 80%), e da luminária LED com dissipador.

Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, explica que a génese da “RIA” está associada a cinco pressupostos: “aproveitar as propriedades da porcelana; obter uma projeção de luz não-direta e difusa; conceber um sistema energeticamente eficiente; criar um equipamento polivalente, capaz de se adaptar a diferentes contextos; e adaptar-se às novas tendências de design”.
Sublinhe-se que a coluna de iluminação “RIA”, desenvolvida por duas empresas sediadas no distrito de Aveiro, representará a região de Aveiro, no âmbito do CERURBIS, que tem como objetivo promover, fomentar e difundir o uso da cerâmica nos espaços urbanos de Espanha, França e Portugal, países ligados à indústria cerâmica, mais especificamente nas regiões de Castellón, Limoges e Aveiro, onde este material está fortemente enraizado na cultura e tradição industriais.

Ler o resto do artigo >>

A Fábrica: vídeo do projecto

O vídeo “A Fábrica” documenta o dia-a-dia de um espaço de cabeleireiro, um espaço reabilitado pelo arquitecto Carlos Maria de Sousa. Um espaço marcado pelo branco, pelo volume central de espelhos, os painéis ondulados, a cortina curva e a iluminação que desempenha uma função escultórica.


Informação:
- Vídeo: A Fábrica
- Direcção e Produção: Building Pictures
- Direcção de fotografia: Building Pictures
- Pós-produção: Building Pictures
- Música: Creative Commons – Altered Carboon – Sweet Life Instrumental

Ler o resto do artigo >>

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Cifial comemora 110 anos de atividade

O Grupo Cifial estima atingir em 2014 uma faturação de 17 milhões de euros, comemorando o seu 110º aniversário com um crescimento de cerca de 20% da sua atividade. O seu sucesso traduz a forte aposta na internacionalização, que representa cerca de 80% da faturação, mas também no mercado doméstico, onde pretende continuar a reforçar a sua posição e colaborar com empresas, arquitetos e designers no desenvolvimento de soluções inovadoras no seu setor de atividade.

A Cifial está presente nos EUA, Reino Unido, Espanha, Polónia, através de empresas participadas, e disponibiliza os seus produtos em mais de 80 países nos cinco continentes. O grupo exporta cerca de 80% da sua produção, com destaque para mercados como EUA, Reino Unido, Espanha, Polónia e Angola.

A produção da Cifial está concentrada em Portugal, onde conta com duas unidades industriais. Em Rio Meão são fabricados torneiras e acessórios de casa de banho, ferragens, fechaduras e controlo de acessos; e em Santa Comba Dão é produzida louça cerâmica sanitária. A empresa tem atualmente em funções cerca de 400 colaboradores.

A estratégia da Cifial passa por reforçar a internacionalização das suas atividades e continuar a desenvolver produtos inovadores que sejam distintivos e criem vantagens competitivas. A empresa pretende aumentar também a sua penetração no mercado português, levando os seus produtos de qualidade a cada vez mais projetos em Portugal, como aconteceu recentemente na renovação do Palácio de Seteais, em Sintra.
Para o efeito, a Cifial beneficia de uma forte estrutura acionista e de uma elevada solidez financeira, bem como de infraestruturas industriais modernas e produtos inovadores.

Luísa Marques Rola, CEO da Cifial, afirma: “Desde 1904 que o percurso da Cifial se vem traduzindo numa viagem aliciante. Uma viagem no tempo que de geração em geração, deixou marcos assinaláveis na sua História.

Ler o resto do artigo >>

O prédio mais sustentável do mundo

A degradação do meio ambiente nas últimas décadas fez com que alguns países e empresas se preocupassem mais ativamente no desenvolvimento de tecnologias para a conservação do meio ambiente de maneira que trouxesse benefícios à humanidade. Um dos setores que mais polui a natureza é a construção civil, os componentes químicos dos produtos utilizados nas obras corroem o solo e envenenam os seres dos rios e mares.

O processo que caracteriza a criação de produtos que não agridem o meio ambiente e satisfaça as gerações futuras é a sustentabilidade. O conceito sustentável tornou-se o princípio, que utiliza recursos naturais satisfazendo às necessidades presentes sem comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras, isto é, o vínculo de sustentabilidade deve ser no longo prazo.

O conceito da sustentabilidade é complexo e atende um conjunto variável de fatores que englobam questões sociais, económicas, ambientais e energéticas. Na construção civil, o objetivo principal é a utilização de materiais que gerem o menor impacto ambiental e que contribuam com a redução de energia.

Algumas empresas do ramo da construção têm desenvolvido técnicas construtivas sustentáveis que favorecem não apenas a conservação do meio ambiente como também proporcionam uma qualidade de vida melhor e mais saudável aos habitantes que poderão desfrutar dos benefícios deste processo ao longo dos tempos.
Atualmente, o edifício comercial mais sustentável do mundo é o The Change Initiative Building - TCI localizado em Dubai, Emirados Árabes Unidos. O prédio é uma grande loja de 4.000 metros quadrados que fornece soluções sustentáveis e as aplica. A maioria dos materiais utilizados na construção do prédio são sustentáveis. O teto é equipado com painéis solares, há reaproveitamento da água, a pintura é reflexiva termicamente e fornece 40% de energia ao edifício, a estrutura externa tem isolamento três vezes maior do que os demais edifícios.

O TCI foi premiado com 107 pontos num total de 110 pontos da Certificação do LEED do Green Building Council dos Estados Unidos, que certifica como sendo o edifício mais sustentável do mundo. TCI recebeu a maior classificação mundial da Certificação LEED Platinum superando o recorde anterior de 105 pontos do edifício comercial Pixel, da Austrália.
O Pixel é um edifício comercial de escritório de porte menor que faz uso de vários processos sustentáveis, incluindo um sistema de pára-sol que permite que a luz natural ilumine os escritórios, mas reduza o calor, além de gerar sua própria eletricidade através de turbinas eólicas.

As técnicas e processos sustentáveis deveriam ser melhores utilizadas na construção civil em todo mundo, a fim de que a qualidade de vida dos cidadãos fosse mais valorizada e o meio ambiente mais bem preservado.

---
 Artigo escrito por Marisa Fonseca Diniz.

Ler o resto do artigo >>

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Museu Internacional de Escultura Contemporânea vai ser construído pela DST

O grupo dst tem a seu cargo a requalificação do Museu Municipal Abade Pedrosa, em Santo Tirso, uma obra da Câmara Municipal com a assinatura do arquiteto Siza Vieira e que compreende, nesta primeira fase, a construção de um novo edifício para albergar a sede do Museu Internacional de Escultura Contemporânea. Orçada em dois milhões de euros, esta intervenção tem como objetivo construir um novo edifício para o museu e permitir o acesso entre o museu existente e o novo módulo, através de uma entrada comum a realizar na estrutura a edificar. A partir desta abordagem arquitetónica, será possível concentrar, num só espaço, o átrio e o acesso aos dois espaços museológicos, que, não obstante terem programas distintos, partilham áreas em comum.

Esta intervenção, onde participam as empresas cari, bysteel e dte, todas do grupo dst, compreende a execução das empreitadas de contenção periférica e estrutura metálica, eletricidade, aquecimento, ventilação, ar condicionado e carpintarias, assim como a gestão de toda a obra. Está ainda prevista a execução de mobiliário exclusivo para o espaço, da autoria do arquiteto Siza Vieira. Esta é uma obra que virá comprovar, uma vez mais, a experiência das empresas do grupo dst e, em particular, da cari, em projetos relacionados com a reabilitação e a arquitetura.

Centro escolar em Fafe
Em Montelongo, no concelho de Fafe, o grupo dst tem sob a sua responsabilidade a construção de um novo centro escolar, uma obra orçada em mais de 2,4 milhões de euros. A empreitada compreende a construção de instalações escolares programadas para lecionar a Educação Pré-Escolar e o 1º Ciclo do Ensino Básico, com capacidade para acolher quatro salas de atividades para o pré-escolar e dezasseis salas de aula para o básico. Para além destas instalações, o projeto prevê ainda a implementação de um novo campo de jogos, em substituição do existente, numa área de terreno situada a norte do centro educativo.
Para além da execução de raiz de todos os equipamentos previstos, como a demolição de edifícios existentes e a construção de um novo campo de jogos coberto, a intervenção a cargo do grupo dst tem como principal inovação a construção de um aterro com recurso a material pré-fabricado de suporte de terras. A conclusão dos trabalhos está prevista para o primeiro semestre de 2015.

Para José Teixeira, presidente do grupo dst, estas duas empreitadas “reforçam o posicionamento do nosso grupo na área da construção em Portugal, fruto de um know-how único em setores como o ensino e a reabilitação”. O mesmo frisa ainda que “é motivo de orgulho redobrado para o grupo dst estar associado a uma obra que, por um lado, tem a assinatura de um dos mais prestigiados arquitetos mundiais, Álvaro Siza Vieira, e, por outro, permite contribuir para a edificação de mais um espaço privilegiado para experienciar as literacias da beleza, o que vem ao encontro da identidade da nossa empresa, resumida no slogan building culture”.

Ler o resto do artigo >>

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Entrega dos Óscares do Imobiliário agendada para 9 de abril de 2015

A gala dos Óscares do Imobiliário já tem data e local marcado. A cerimónia, promovida pela revista Magazine Imobiliário com o objetivo de premiar o que de melhor se tem feito em Portugal no sector ao longo dos últimos anos, decorrerá a 9 de abril no Palacete do Hotel Tivoli, em Lisboa.

Projetados por uma equipa com mais de duas décadas de experiência no sector da construção e imobiliário, os Óscares do Imobiliário pretendem ser um dos mais marcantes e prestigiantes eventos em Portugal no mercado da construção e imobiliário, dinamizando e valorizando a qualidade, inovação e excelência dos empreendimentos edificados em Portugal.

Em breve a organização disponibilizará a todos os interessados o regulamento dos Óscares do Imobiliário. Nessa altura será também anunciada a abertura das inscrições.

Ler o resto do artigo >>

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO