sexta-feira, 29 de maio de 2020

Faturação da Garcia Garcia cresce 16% em 2019

A Garcia Garcia, construtora nacional especializada no Design and Build de edifícios industriais, logísticos, residenciais e comerciais, fechou 2019 a faturar acima dos 84 milhões de euros, registando assim um crescimento de 16,1% face ao ano anterior. Pelo quarto ano consecutivo nomeada como “Melhor Construtora” para os Prémios Construir, categoria que já venceu em 2016, a empresa que, no ano passado, assumiu obras para empresas como Lidl, Kirchhoff Automotive, VNC, Milestone, entre outras, assinala ganhos sucessivos desde 2010.

A empresa regista um crescimento acumulado de 58,8% nos últimos dois anos. Com uma estratégia sustentada e estruturada, a construtora tem investido na capacitação dos quadros da empresa, na agilidade organizacional e no desenvolvimento de uma estrutura flexível e polivalente. Cerca de metade dos seus clientes são empresas multinacionais, representando 70% do volume de negócios de 2019, que conta atualmente com 175 trabalhadores no Grupo. Dedicada ao Design and Build de edifícios industriais, logísticos, residenciais e comerciais, ainda assim, é no setor industrial e logístico que a Garcia Garcia tem a sua maior alavanca, com esta área de negócio a representar 70% do volume de negócios de 2019. A construtora tem contribuído desta forma para a operacionalização de um investimento global de várias dezenas de milhões de euros e para a criação de novos postos de trabalho.

Do portefólio deste ano da Garcia Garcia fazem parte projetos diversificados como o novo entreposto logístico da cadeia de retalho Lidl, em Santo Tirso; a construção da nova sede e edifício de escritórios do Grupo Vigent na Trofa - nomeado pelos Prémios Construir 2019 na categoria para Melhor Edifício de Escritórios -; a ampliação da multinacional alemã do ramo automóvel, Kirchhoff Automotive, em Ovar; a edificação das novas residências universitárias da Milestone no Porto e em Cascais; entre outros.

“Sempre tivemos um denominador comum, que foi o nosso core business. É por isso natural que projetos industriais e logísticos assumam um maior peso no nosso volume de negócios. Não obstante, temos vindo a reforçar em outras áreas, como a construção residencial e o hospitality, nas quais temos vindo a desenvolver projetos cada vez mais relevantes”, realça Miguel Garcia, administrador da empresa.










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO