segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Problema doméstico de engenharia necessita de 2ª opinião

Aproveito esta possibilidade de escrever no Engenharia e Construção para pedir uma 2ª opinião para um problema doméstico. Nos últimos tempos têm ocorrido alguns sismos com significativa intensidade, pelo menos eu noto em minha casa, como se estivesse a passar o metro e acreditem que por estes lados isso é difícil.

Julgo que consequência desta situação o moinho de vento que possuo começou a apresentar fissuras. Primeiro apenas na zona da porta e depois na zona oposta.

A fissura na zona da porta levou mesmo à rotura da pedra da cantaria, como se pode ver numa das fotos. É uma fissura com um desenvolvimento praticamente em toda a altura do moinho tendo uma abertura máxima na ordem de 1cm (ou mais)…
Quando efetuei obras para a construção da minha casa foi colocada uma malha plástica em todo o seu desenvolvimento antes do reboco novo. Isto foi há cerca de 18 anos, mais coisa menos coisa. Há cerca de 5 anos foi pintado sem manifestar qualquer anomalia.

Contudo estas fissuras apareceram e estou muito preocupada com as mesmas. Assim, após a opinião de alguns colegas próximos existiram duas propostas de intervenção. Ou efetuar a colocação de uns grampos, tipo costura de cirurgia, no desenvolvimento das fissuras, ou então colocar cintas em todo o seu perímetro, a várias alturas, para mobilizar toda a estrutura.
Considero que a segunda opção pode ser a que melhor se aplica à situação… Contudo gostava de ter outra opinião, ou mesmo experiência em tratamento de casos semelhantes para verificar se será efetivamente a melhor solução e qual a melhor forma de ser executado.

Será que podem ajudar? As vossas opiniões vão com toda a certeza contribuir para a resolução neste problema doméstico. Muito obrigada desde já.

---
Artigo escrito por Susana Lucas do SEIbySusana.










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO