terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Mota-Engil ganhou um dos maiores prémios de engenharia do mundo

A Mota-Engil, representada pelo seu presidente, António Mota, ganhou um dos maiores prémios internacionais de engenharia do Mundo. O prémio foi atribuído devido ao empreendimento do corredor ferroviário de Nacala, em Moçambique, que a empresa portuguesa desenvolveu nos últimos anos. Este prémio foi atribuído pela Federação Mundial de Organizações de Engenharia (WFEO), que reúne organizações nacionais de engenharia de mais de 90 países e representa cerca de 20 milhões de engenheiros.

“Este importante prémio bienal tem como objetivo principal destacar a importância do papel da engenharia no desenvolvimento sustentável”, refere o comunicado da Mota-Engil. Acrescenta que “António Mota, em conjunto com Ismael Gaspar e João Neto, são os vencedores do Prémio H. J. Sabbagh Award for Engineering Construction Excellence, atribuído pela World Federation of Engineering Organizations (WFEO), a maior federação de associações de engenheiros do mundo”.
A Mota-Engil detalha ainda distinção referindo que "o WFEO Awards Committee decidiu distinguir o presidente do conselho de administração da Mota-Engil, António Mota, pela realização de notáveis projetos de infraestruturas em África, nomeadamente pela construção do ‘Corredor de Nacala’, tendo, ainda, dentro das respetivas regras, distinguido Ismael Gaspar e João Neto, pelos seus relevantes contributos nesta obra".










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO