segunda-feira, 13 de julho de 2015

Reabilitar para Arrendar - Financiamento para privados

O programa Reabilitar para Arrendar está finalmente disponível para privados, após uma fase inicial onde só o público tinha acesso a este programa. Este programa consiste num financiamento a taxas de juro mais baixas, desde que as casas sejam arrendadas com um preço mais baixo. O Banco Europeu de Investimento é a entidade responsável por este programa, e financiará a iniciativa em Portugal com 50 milhões de euros. Metade já está disponível.

De seguida apresentamos as principais questões que precisa conhecer sobre o programa Reabilitar para Arrendar.

O QUE É O REABILITAR PARA ARRENDAR?

Este programa vai ser gerido pelo Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana, e pode-se candidatar a ele quem (entidades públicas ou privadas) tem imóveis com mais de 30 anos e livres de encargos. Se a candidatura foi aceite, o programa financiará até 90% do valor necessário para proceder à reabilitação do imóvel, estando incluído nesse valor os projetos e demais estudos necessários. O dono do imóvel poderá pagar o empréstimo durante 15 anos com uma taxa fixa de 2,9%. Durante este período os imóveis têm que ser colocados no mercado do arrendamento, sujeitos a uma renda condicionada.

O QUE É A RENDA CONDICIONADA?

A renda é calculada em função do valor patrimonial tributário do edifício. Segundo a expetativa do governo, estas rendas ficarão entre 20 a 30% abaixo das rendas praticadas no mercado livre. No caso do proprietário pagar o empréstimo antes dos 15 anos, fica livre de praticar essa renda condicionada.

QUANTAS HABITAÇÕES VÃO SER ABRANGIDAS POR ESTE PROGRAMA?

Segundo as estimativas do governo este programa vai financiar a reabilitação de cerca de 2.000 habitações, o que será mais ou menos 300 edifícios.

O VALOR DO FINANCIAMENTO É SUFICIENTE?

Segundo Reis Campos, presidente da Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliária (CPCI), os 50 milhões de euros previstos no programa não são suficientes para as necessidades de reabilitação habitacional de Portugal. Reis Campos afirma que há cerca de um milhão e meio de casas a necessitar de intervenção, pelo que o valor ficará muito aquém do pretendido.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO