sexta-feira, 11 de maio de 2012

S.C. José Coutinho suspende trabalhos de obra em Beja

A Sociedade de Construções José Coutinho suspendeu os trabalhos de execução de um edifício sustentável que está previsto para albergar os serviços técnicos da Câmara Municipal de Beja. Esta suspensão foi levada a cabo sem consentimento da Câmara Municipal de Beja, o que levou a que esta anulasse a adjudicação. Jorge Pulido Valente afirmou que este acto da Sociedade de Construções José Coutinho permite à Câmara anular a adjudicação, parar a obra, e proceder a nova adjudicação se assim o entender.

Num momento delicado para a construção em Portugal, este é mais um caso que não vem ajudar ao panorama geral. Até porque, provavelmente, no centro da questão estarão problemas de dinheiro.









1 Comentário:

Adelino Tomás disse...

Municipio de Beja ??? Grandes caloteiros....paguem á PROTECNIL os trabalhos executados o ano passado. Neste momento foi retirado a sua conta bancária pelo factoring 43.000€ por imcumprimento do municipio em 240 dias. Tenha vergonha Sr. Presidente, arrasta empresas para a insolvência, como por exemplo AQUINO e outros sub empreiteiros como a ROMOCALÇADAS que depois de ter arrancado calçadas em Beja por falta de pagamento prometeram-lhe que lhes pagavam....não disseram foi em que ano!!!!

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO