terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Conclusões do LNEC sobre a estabilidade da bancada do Estádio da Luz

Ainda mexe o último Benfica-Sporting, mais concretamente os incidentes que ocorreram no final do jogo com os adeptos do Sporting a incendiarem parte da bancada do Benfica. De modo a avaliar os estragos estruturais que o incêndio provocou na bancada o Benfica solicitou no dia 29 de Novembro uma inspecção por parte do LNEC. No dia 30 foi efectuada uma primeira visita pelo director do departamento de materiais do LNEC, o Engenheiro Arlindo Gonçalves, tendo posteriormente também se deslocado ao estádio da Luz especialistas nas áreas de betão, materiais metálicos e estruturas.

O relatório preliminar do LNEC afirma que o incêndio provocou danos na bancada em betão armado e na cobertura. No que diz respeito à cobertura será necessário substituir a mesma numa área que pode ser superior a 200 metros quadrados devido “à incineração de componentes orgânicos, à fusão localizada do alumínio e à degradação generalizada do revestimento da chapa de aço na zona de incêndio”. A estabilidade da cobertura não terá ficado comprometida a não ser num elemento de contraventamento.

Já o betão armado da bancada ficou “afectado em profundidade na zona de incêndio, tendo ocorrido não só destacamento superficial, mas perda de propriedades mecânicas em profundidade, pelo que será necessário proceder à substituição ou reparação profunda de nove vigas da bancada”.
O Benfica deverá avançar para a realização das obras necessárias com o correspondente pedido de indemnização ao Sporting por danos directos e indirectos. O Correio da Manhã avançou com a notícia de que o Benfica vai pedir 500 mil euros de indemnização.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO