quinta-feira, 2 de abril de 2020

Ceetrus e Merlata Sviluppo investem 3 M€ para construir em 60 dias a nova unidade de cuidados intensivos do Hospital Sacco em Milão

Uma inovadora unidade de cuidados intensivos com tecnologia de ponta e novos critérios de construção para edifícios na área da saúde: a Ceetrus Itália com a ImmobiliarEuropea e Sal Service - através da joint venture Merlata Development – unem-se na luta contra o coronavírus e doam três milhões de euros para renovar totalmente o antigo pavilhão do Hospital Sacco em Milão. Os trabalhos de construção já arrancaram.

O acordo, assinado entre Marco Balducci, Diretor Geral da Ceetrus Itália e Alessandro Visconti, Diretor Geral da ASST Fatebenefratelli Sacco, prevê uma duração de 60 dias para a conclusão dos trabalhos, de modo a assegurar o acesso à nova unidade de cuidados intensivos em tempo recorde. Esta unidade está a ser construída de acordo com os padrões de arquitetura mais atuais, de modo a lidar com a emergência ditada pela pandemia que se vive. Este projeto vem responder à atual crise da falta de camas disponíveis e visa equipar o Hospital de Sacco com uma ala dotada de recursos de última geração, capaz de responder hoje e nos próximos anos a todas as emergências sanitárias em Milão.

Graças à intervenção da Ceetrus e de um grupo de empresas do setor imobiliário, a unidade de cuidados intensivos do ASST Fatebenefratelli Sacco - Hospital Luigi Sacco, estrutura especializada no tratamento de doenças infeciosas e local de referência para o atendimento dos pacientes mais críticos do COVID-19, será completamente reestruturada e equipada com as mais inovadoras tecnologias médicas.

A Ceetrus Itália e os parceiros neste projeto disponibilizarão não apenas os recursos económicos, mas, sobretudo, a sua força de trabalho com a intervenção de especialistas qualificados do setor da gestão hospitalar. A nova unidade de cuidados intensivos será uma referência nacional e internacional graças à sua tecnologia de ponta.

O projeto como um todo prevê a renovação de mais de 1.000 m² no Pavilhão 51 do Hospital Sacco, em Milão. Existirá uma reestruturação interna parcial, com o objetivo de criar uma área para 10 camas de cuidados intensivos projetados para o tratamento de pacientes com doenças infeciosas muito virais e perigosas e/ou imunocomprometidas. Seis salas hospitalares, isoladas, vão garantir o nível máximo de bio contenção graças a um sofisticado sistema de renovação do ar para manter constantemente o ambiente a uma pressão negativa ou positiva de acordo com as necessidades de saúde, protegendo pacientes e profissionais de saúde. Existirão outras camas instaladas em áreas equipadas com um teto de fluxo laminar para renovação do ar e instalados em espaço aberto, de acordo com os conceitos de construção mais avançados.

Dentro da unidade de cuidados intensivos, será criada uma sala de urgência, devidamente protegida, para permitir o uso do intensificador de imagem, onde será possível realizar manobras invasivas, intervenções de rotina e procedimentos de diagnóstico, sem ter de transferir um paciente infetado para fora da unidade de cuidados intensivos e, assim, evitar contaminar outras áreas do hospital.

Será uma unidade de excelência em cuidados intensivos, construída com os mais altos padrões internacionais, capaz de responder às situações mais graves, agora e no futuro. Os quartos serão equipados com todos os instrumentos e equipamentos tecnológicos necessários, nas versões mais avançadas disponíveis no mercado.

Ao lado desta área protegida, todas as instalações adicionais (vestiários e casas de banho) serão também redefinidas para permitir a presença de mais de 80 profissionais entre médicos, enfermeiros e profissionais em formação.

"Decidimos enfrentar este importante desafio numa emergência tão dramática para os cidadãos da Lombardia - explica Marco Balducci - Diretor Geral da Ceetrus Itália. Quisemos dar um sinal e uma contribuição importante para a cidade onde temos a nossa sede, pois é um momento único para dar um significado concreto à nossa missão, que é construir locais que atendam às necessidades e exigências dos cidadãos. É precisamente graças à nossa experiência e competências internas, que conseguiremos concluir uma unidade de cuidados intensivos em tempo recorde, uma contribuição permanente para Milão, mesmo que de acordo com as previsões mais otimistas, como esperamos, o Coronavírus seja derrotado antes da conclusão do projeto”.

“Estamos muito gratos à Ceetrus por nos oferecer a possibilidade de melhorar e otimizar, em tão pouco tempo, a estrutura e o equipamento dos serviços hospitalares atualmente mais expostos - declara Alessandro Visconti, Diretor Geral da ASST Fatebenefratelli Sacco. Este projeto de extraordinária importância permitirá expandir a nossa unidade de cuidados intensivos e lidar com a emergência atual, graças a um pavilhão na vanguarda da tecnologia, capaz de enfrentar hoje e nos próximos anos todas as situações mais graves e, assim, promover o cuidado com a saúde de nossos concidadãos, graças a uma excelência única no panorama italiano”.










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO