segunda-feira, 26 de março de 2018

Época de reabilitação de Lisboa... E depois?

Nos últimos tempos (talvez mesmo meia dúzia de anos) quem passa por Lisboa tem a noção do que está num estaleiro de obras. Não existe rua, largo ou avenida que não tenha pelo menos um prédio a reabilitar. Aliás, era necessário!

Julgo que grande parte se deve ao turismo. Pelo menos hotéis, hostels e afins proliferam como cogumelos. Não existe época do turismo, é todo o ano.

Considero que Lisboa vai ficar linda, fantástica e com toda a certeza mais turistas virão, pelo bem e pelo mal… A dificuldade de conseguir uma casa em Lisboa hoje em dia é impressionante.

A minha reflexão de hoje passa talvez pelo mesmo assunto da semana passada… E o depois? Vamos deixar novamente os edifícios sem intervenção até ser necessário reabilitar novamente? Espero que não.

Espero que existam medidas, regulamentos, requisitos que definam e monitorizem a manutenção dos edifícios. Será muito importante para os mesmos estarem nas condições funcionais adequadas.

A manutenção e monitorização estrutural e não estrutural dos edifícios tem que ser uma forma de se conseguir aumentar o temo de vida útil, com as características funcionais adequadas.

Assim volto à questão: será que o nosso futuro próximo na Engenharia e Construção, em Portugal e mais especificamente em Lisboa, passará por aqui?

---
Artigo escrito por Susana Lucas do SEIbySusana.










Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO