segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Aurélio Martins Sobreiro vai ser encerrada

A Aurélio Martins Sobreiro vai ser encerrada devido à recusa que os credores deram ao plano de viabilização apresentado pelo administrador de insolvência. A empresa minhota que em tempos foi a maior construtora do alto Minho ainda tem 120 trabalhadores que assim irão ficar sem o seu emprego. O pedido de insolvência da Aurélio Martins Sobreiro foi aceite pelo Tribunal de Viana do Castelo em Novembro do ano passado.

"O plano necessitava de dois terços dos votos favoráveis para ser aprovado, o que não aconteceu. O resultado da votação já foi comunicado ao Tribunal de Viana do Castelo que, durante a semana, deverá emitir despacho de encerramento da empresa" afirmou Nuno Oliveira da Silva, o administrador de insolvência.

Nuno Oliveira da Silva disse ainda que 47,9 % dos credores votaram contra o plano de viabilização, nos quais se inclui o Banco Espírito Santo, credor de 5,4 milhões de euros.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO