segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A primeira turbo-rotunda em Portugal

Em Fevereiro vai começar a ser construída a primeira turbo-rotunda em Portugal, mais concretamente em Coimbra. Esta inovação rodoviária será possível devido a uma parceria entre a Câmara Municipal de Coimbra e a Faculdade de Ciências e Tecnologia de Coimbra. Ao Expresso, Ana Bastos, uma das coordenadoras do projecto, docente na Universidade de Coimbra, disse que "O principal objetivo é a diminuição dos acidentes. Mas as turbo-rotundas também permitem mais fluidez, maior segurança e melhorias ambientais, por existir menor concentração de dióxido de carbono". A rotunda contemplada com esta experiência será a da EN111 no Bolão, junto à estação velha.

De forma sucinta Ana Bastos explica em que consiste uma turbo-rotunda: "Tratam-se de rotundas onde se canalizam, através de lancis, os veículos desde a entrada à saída, de forma contínua e mais precisa do que a que se utiliza hoje, evitando entrecruzamentos no anel de circulação". A transformação da rotunda existente numa turbo-rotunda será realizada em duas fases:

1 - Até Março será efectuado o alargamento para duas vias;
2 - Em Agosto serão colocados os lancis e a sinalização para os condutores.
(infografia do Expresso sobre as turbo-rotundas

Até Dezembro espera-se que seja possível obter resultados suficientes para retirar conclusões sobre a instalação da turbo-rotunda.

"Este conceito não existe em Portugal e está a ter grandes resultados em outros países europeus. Na Holanda, levou a uma redução da frequência dos acidentes superior a 80%. Em 2007, a Holanda já contava com mais de 70 turbo-rotundas. A divulgação dos resultados alcançados na Holanda levou o conceito a outros países, tais como a Polónia e, mais recentemente, na Alemanha, Finlândia, Noruega e Eslovénia", acrescentou Ana Bastos.
(turbo-rotunda em Amsterdão, Holanda)

As turbo-rotundas foram criadas na Holanda em 1996 pelo investigador Lambertus Fortuijn da Universidade de Delft (conceituada universidade na área da engenharia civil). Este conceito surgiu como alternativa às rotundas normais e tinha como objectivo a redução do número de acidentes e o controlo do comportamento dos condutores na entrada e saída de rotundas.

Fiquem de seguida com um vídeo onde se explica o funcionamento de uma turbo-rotunda.









3 Comentários:

Anónimo disse...

Creio que já existe uma rotunda assim em Vila Nova de Gaia...

Anónimo disse...

Turbo-rotunda?! Esse conceito está aplicado em vária rotundas da ilha da Madeira, há mais de 3 anos! E não foi preciso fazer estudos nem parecerias com universidades, penso eu.

Anónimo disse...

Ana Bastos é mentirosa! O conceito existe em Portugal sim.

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO