sexta-feira, 11 de novembro de 2011

O segredo da Cúpula de Brunelleschi

O segredo da Cúpula de Brunelleschi é um dos maiores mistérios da história da construção e tudo indica que tenha sido finalmente descoberto. A cúpula da Catedral de Florença - Santa Maria del Fiore - foi construída nos anos 1420/1430. A descoberta agora anunciada foi realizada pelo arquitecto italiano Massimo Ricci que se dedicou ao estudo deste mistério desde 1975, ou seja, levou 36 anos a desvendar o mistério que muitos tinham tentado sem sucesso. Brunelleschi utilizou técnicas diferentes na construção da estrutura externa e da estrutura interna, e além disso ainda deixou pistas falsas na expectativa de ludibriar quem tentasse descobrir o seu segredo, levando-os no sentido errado.

A dúvida que mais vezes se colocou foi como aguentaria a cúpula sendo que não há nenhum suporte de madeira ou ferro. A estrutura interna da cúpula efectua o suporte, aguentando o peso da construção, onde os tijolos foram dispostos na diagonal como "a espinha de um peixe". Através de um sistema de cordas, Brunelleschi calculou a posição e ângulo exacto que cada pela teria que ter. Os tijolos que ficaram à superfície foram marcados com um risco para levar os observadores a pensar que esses tijolos tinham sido colocados na vertical.
Estes resultados só foram possíveis devido à utilização de uma sonda que penetrou a estrutura por uma fenda existente até dois metros de profundidade. Massimo Ricci afirmou que os resultados que obteve com a sonda foram importantes não só para desvendar este enorme mistério da construção mundial, mas também para permitir uma melhor intervenção de consolidação e restauro. Massimo Ricci, falado hoje em todo o mundo, é membro do Fórum Mundial da Unesco como especialista no restauro de monumentos.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO