quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Aquino Construções entra em insolvência

No passado dia 29 de Julho o Tribunal de Ourém declarou insolvente a empresa Aquino Construções, tendo marcado para 27 de Setembro a assembleia de credores. O risco de falência da Aquino Construções é uma grande preocupação para os responsáveis de Ourém uma vez que esta empresa é a maior empregadora privada do concelho, tendo um total de 228 trabalhadores. Esta notícia surge na sequência de outras que temos aqui dado ao longo do ano, nomeadamente a falência da NOVOPCA, as dificuldades da Teodoro Gomes Alho, assim como os casos da Mesquita e da FIB.

Um dos motivos de preocupação dos responsáveis de Ourém são as obras na Avenida D. José Alves Correia da Silva, no centro de Fátima, e que estavam a ser realizadas pela Aquino Construções. Pelo facto da obra ser financiada por fundos comunitários há prazos que têm que ser cumpridos sob pena de se perder o financiamento.

O Presidente da Câmara de Ourém considera agora as hipóteses de rescindir contrato com a Aquino Construções e de atribuir a obra ao segundo classificado do concurso da obra já referida, ou então abrir um novo concurso para completar o que falta realizar da empreitada.

Sobre a Aquino Construções

A Aquino Construções foi fundada em 21 de Novembro de 1977 por Victor Félix Aquino e António Vieira Rodrigues, tendo na altura o nome de Sociedade de Construções Aquino & Rodrigues, Lda. Os capitais da empresa são detidos a 100% pela família Aquino. Com actuação predominante no sector das obras públicas, a Aquino Construções destacava-se por ter diversas obras nos distritos de Santarém e Leiria.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO