terça-feira, 12 de julho de 2011

Teodoro Gomes Alho, S.A. tem salários em atraso

"Os trabalhadores da Teodoro Gomes Alho, S.A. encontram-se neste momento com o parte do vencimento de maio e a totalidade vencimento de Junho em atraso. Esta situação, dramática para os trabalhadores e suas famílias, tem levado muitos a rescindir com a empresa, passando a engrossar o já longo exército de desempregados que existe no nosso país", refere o sindicato em comunicado.

O sindicato explica que a empresa de construção civil está há cerca de um ano a atravessar um "processo de insolvência/recuperação" que prevê a redução para metade dos seus cerca de 350 postos de trabalho.

Contactado pela Lusa, o administrador Paulo Alho confirmou a existência de salários em atraso, referindo que a empresa está a fazer todos os esforços para honrar os seus compromissos. "Estamos a fazer todos os esforços para que os nossos clientes nos paguem pois caso contrário não podemos cumprir os nossos compromissos. A Câmara de Setúbal, entre outros clientes, tem um valor elevado há algum tempo em dívida e sem recebermos não conseguimos pagar", afirmou.

O responsável referiu que ao longo deste último ano a empresa tem vindo a reduzir os postos de trabalho, devido à actual situação do país, e nesta altura o número trabalhadores é de cerca de 220. "Os trabalhadores sabem as condições da empresa e têm mantido um comportamento colaborante pois sabem o esforço que nós fazemos", concluiu.

Fonte: Diário de Notícias









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO