terça-feira, 6 de setembro de 2016

Vidro de alto desempenho Guardian no centro cultural La Cité du Vin

La Cité du Vin, novo centro cultural em Bordéus, é um local único onde os visitantes podem aprender tudo sobre vinho, a sua história e influência na civilização, através de uma variedade de zonas temáticas, exposições e espetáculos multimedia. Um miradouro situado no topo da torre de 55 metros de altura oferece uma vista de 360 graus da cidade e dos vinhedos circundantes.

O edifício desenhado por Anouk Legendre e Nicolas Desmazières da XTU Architects constitui uma forte afirmação arquitetónica graças às suas curvas ousadas e à sua forma global que evoca o espírito e a natureza líquida do vinho: corpo arredondado, intangível e sensual. Obviamente, o vidro desempenha um papel importante na expressão destes aspetos.

A XTU Architects quis usar vidro capaz de oferecer o mais alto desempenho, devido ao seu papel especial na reflexão da luz, tanto no interior como no exterior. O vidro selecionado devia, ao mesmo tempo, simular a efervescência. Os arquitetos escolheram a empresa de revestimentos exteriores francesa Coveris, para ajudar a encontrar a melhor solução para este projeto de elevada visibilidade. A escolha recaiu sobre a Guardian Glass, um fabricante líder de vidro arquitetónico de alto desempenho. A experiência e o apoio técnico da Guardian revelaram-se determinantes.

“A escolha do vidro foi um processo longo,” segundo a Coveris. “Era vital eleger os produtos certos tanto ao nível técnico como estético. Tivemos de comprovar a viabilidade sob muitos aspetos, desde a escolha do revestimento para assegurar que o vidro podia ser deformado ou curvado para o exterior. Ao longo de todo este processo, houve uma colaboração excelente com a Guardian e os arquitetos.”
Anouk Legendre e Nicolas Desmazières da XTU Architects concordam: “O caderno de encargos exigia que encontrássemos vidro com reflexos dourados. Estudámos vários tipos de vidro, depois realizamos testes de serigrafia.”
Foram selecionados dois tipos de vidro: Guardian SunGuard Solar Gold 20 e Guardian UltraClear. SunGuard Solar Gold 20 é a escolha favorita de muitos arquitetos e designers. O seu revestimento dourado é aplicado ao vidro float Guardian ExtraClear®. Isto apresenta vantagens em comparação com o vidro colorido. Oferece não só um controlo solar de alto desempenho, como também, graças ao seu índice de rendimento de cor, as cores que podem ser vistas do interior para o exterior do edifício estão muito próximas da realidade.

Contrariamente ao vidro tradicional, o vidro de baixo teor de ferro UltraClear oferece uma elevada transmissão de luz e uma maior neutralidade das cores, deixando entrar a “verdadeira” luz do dia, para oferecer uma sensação de espaço e luminosidade acrescidos.
Na torre principal do edifício, foi usado vidro para criar uma capa separada que envolve a estrutura valorizando a sua estética. No total, foram usados aproximadamente 900 painéis de vidro, alguns dos quais foram serigrafados com 20 padrões diferentes. Todos os painéis são distintos, medindo o maior deles 5,1 x 1,5m. O projeto inclui três tipos de painéis: monolítico, laminado e laminado triplo. É sobre este último tipo que é aplicado revestimento SunGuard Solar Gold 20. Todos os painéis foram fixados individualmente na obra utilizando 4500 acessórios de fixação separados com medidas de 50mm a 270mm de altura. O sistema de fixação teve de ser programado usando um software específico devido à geometria particular do edifício. A capa de vidro final cobre uma superfície total de 2700 metros quadrados.

A impressão serigráfica que proporciona um efeito deslumbrante é composta por 20 padrões diferentes, cada um aplicado individualmente sobre os painéis. Tudo isto contribuiu para a forma com que os vidros SunGuard Solar Gold e UltraClear são usados para respeitar a arquitetura e a sua estética.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO