terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Moçambique e Kuwait são destino para empresas de construção

A Associação Nacional de Pequenas e Médias Empresas (ANPME) quer abrir novos mercados às empresas da construção. No âmbito do projecto conjunto Portugal Export 2020, as PMEs poderão aceder a fundos para a internacionalização. "As empresas da construção, em crescentes dificuldades no mercado interno, poderão aceder a fundos que facilitarão a sua expansão no sentido da internacionalização", refere Paula Hespanhol, vice-presidente da ANPME. "Entre os mercados com potencial de crescimento no sector da construção estão o Kuwait e Moçambique", acrescenta.

Contudo, há outros mercados além dos dois já referidos. A ANPME, através dos seus representantes internacionais, procurará também abrir portas na Colômbia às PMEs da construção. Já as pequenas e médias empresas do sector dos materiais de construção terão a oportunidade de se internacionalizarem para a Alemanha e Kuwait.

As empresas que, em conjunto com a ANPME, acederem a este programa poderão contar com uma comparticipação de 50% das despesas de investimento elegíveis até 100 mil euros. Podem qualificar-se para este programa todas as PMEs nacionais, excepto da região de Lisboa, Algarve e Ilhas. Os apoios alargam-se a todas as áreas de actividade económica, excepto serviços financeiros.

As empresas interessadas deverão inscrever-se junto da Associação Nacional das PMEs até dia 5 de Fevereiro.







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO