quarta-feira, 11 de junho de 2014

Mota-Engil ganha contrato de 2,6 mil milhões de euros nos Camarões

A Mota-Engil conquistou um contrato de cerca de 2,6 mil milhões de euros nos Camarões, um país que constitui um novo mercado para a empresa. Este contrato é o maior da história da empresa. Recorde-se que no mês passado a Mota-Engil ganhou um conjunto de contratos no valor de 520 milhões de euros.

Em comunicado à CMVM a empresa diz que "na sequência da comunicação ao mercado efectuada pela Sundance Resources Ltd, entidade cotada na Austrália, a Mota-EngilL informa a adjudicação do contrato de engenharia, ‘procurement' e construção (EPC) por aquela empresa, no montante de 3,5 mil milhões de dólares (aproximadamente 2,6 mil milhões de euros), à sua subsidiária Mota-Engil Engenharia e Construção África, SA".

O projecto prevê a construção de 510 quilómetros de linha férrea desde a mina, em Mbalam, República dos Camarões, até ao terminal, em Lolabe, na costa oeste do país, assim como de um ramal ferroviário com extensão de 70 quilómetros, para ligação à mina em Nabeba, na República do Congo. O contrato inclui ainda a construção de um terminal portuário de águas profundas (navios "China-max"), e dos respectivos estaleiros.
A Mota-Engil diz ainda no comunicado que este investimento irá liderar "o desenvolvimento da próxima grande província de minério de ferro do Mundo".









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO