terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Larus cresce 40% em 2013

A Larus encerrou 2013 com um volume de negócios de 2,8 milhões de euros, registando um aumento de 40% face a 2012. Este desempenho positivo está associado ao crescimento das vendas em mercados externos, nomeadamente África do norte, Angola e Europa Central, com a taxa de exportação a fixar-se nos 43%.

Marrocos foi o principal destino de exportação com um aumento de 83%, em relação a 2011. O crescimento neste país é justificado pela seleção da marca portuguesa para dois projetos de intervenção urbanística de relevo, nomeadamente a Medina de Casablanca e o maior troço rodoviário do Magrebe.

Para a Medina de Casablanca, a Larus desenvolveu a linha de mobiliário urbano “Medina”, que contemplou bancos, papeleiras, sinalética direcional e tótemes de sinalização turístico-cultural, inspirada nos padrões geométricos, na silhueta das portas de entrada da Antiga Medina, na Mesquita Hassan II e nos potes marroquinos.

Já ao longo dos 840 km do troço rodoviário que liga Rabat a Agadir, mobilou 27 estações de serviço, assegurou o estudo dos solos e a implementação local do projeto.
Para Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, a afirmação da empesa nos mercados externos deve-se à “qualidade do projeto de Investigação e Desenvolvimento em Design que tem projetado equipamentos para os diversos países do mundo, interpretando a história, a arquitetura, a arte, o artesanato, a rusticidade e os hábitos, resolvendo necessidades dos cidadãos e respeitando e valorizando a identidade local”.

Para 2014, a Larus irá investir em geografias como o Médio-Oriente e Magrebe, onde prevê obter um volume de exportação na ordem dos 1,5 milhões de euros, e na sua afirmação de marca de mobiliário urbano de referência à escala global.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO