quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Somague vai rescindir contrato do Túnel do Marão

Mais um episódio na novela que se tornou a construção do Túnel do Marão, desta feita é a intenção da Somague em rescindir o contrato com o estado por não conseguirem chegar a acordo. Como se sabe, a obra está parada há 20 meses e ainda sem solução à vista. Se esta intenção da Somague for para a frente, é previsível que pelo menos numa primeira fase sejam os bancos a tomar conta do Túnel do Marão.

Os bancos financiadores estão a estudar a hipótese de assumir o capital da concessionária, para numa fase posterior negociar com o estado uma possível solução para este imbróglio. Após alienarem a outra empresa, os bancos sairão da estrutura accionista.

Consta que o estado é favorável a esta solução, numa altura que parece irreversível a rotura entre a concessionária, o estado e a banca.









1 Comentário:

Anónimo disse...

Uma novela vergonhosa e que se arrasta para além de tudo o que é razoável, com prejuízo para o País e sobretudo para a Região Transmontana...
Muito se tem criticado algumas das principais concessionárias, mas essas pelo menos cumprem!
E pensar que grande parte deste imbróglio se deve a uma "pequena" empresa de águas e a meia dúzia de funcionários públicos, que deveriam ter resolvido atempadamente o assunto e que só o complicaram...

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO