quarta-feira, 13 de junho de 2012

Somague, Tecnovia e Marques vão continuar obra da Sá Machado

Tendo em conta as suas dificuldades, a Sá Machado cedeu a sua posição nas obras de construção do Centro de Artes Contemporâneas 'Arquipélago', na Ribeira Grande, nos Açores, ao consórcio regional formado pela Somague, Tecnovia e Marques. Para este desfecho foi importante o compromisso assumido pelo consórcio de empregar na obra mão-de-obra local e de recuperar o atraso verificado, garantindo a abertura no final de 2013. A crise que a Sá Machado atravessa afectou o andamento das obras, registando-se neste momento um atraso de três meses, pelo que a abertura só deve ocorrer no final de 2013. O director regional de cultura esclareceu que a obra não esteve parada, apenas estava com um andamento lento, inferior ao que estava planeado.

A obra passou de 10 ou 15 trabalhadores para 25, com tendência a aumentar nos próximos tempos. Este centro de arte contemporânea vai permitir aos artistas ali desenvolver os seus projectos. A obra está em mais de 10 milhões de euros.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO