terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Construção é o sector com maior número de insolvências em Portugal

Os processos de insolvência de empresas aumentaram 15,6 por cento no último ano, um valor, ainda assim, inferior à de 2009, nos 36,2 por cento.

Do total de 5.144 acções contabilizadas pela Conface (empresa especializada na análise de riscos, que hoje divulgou os dados de 2010), a maioria – 44,3 por cento – foi declarada por tribunal e 15,4 por cento ocorreram nos três primeiros meses do ano.

Os planos de insolvência, nos quais os credores aceitam um projecto de viabilização da empresa, têm um peso relativo na contagem: subiram 2,5 por cento, quando um ano antes tinham aumentado menos 0,6 por cento.

A construção foi o sector que mais contribuiu, com 19,1 por cento do total, seguido do comércio de grosso (14,6por cento), comércio a retalho (1,9 por cento abaixo) e têxtil, vestuário e calçado (12,4 por cento).

Quanto à distribuição geográfica, Porto, Lisboa e Braga, Aveiro, Leiria e Setúbal são, por esta ordem, os distritos com maior peso nas insolvências. (...)

Fonte: Público









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO