quinta-feira, 11 de junho de 2015

Angola vai começar a atrasar mais os pagamentos às empresas de construção

Segundo os analistas da Economist Intelligence Unit é provável que Angola recomece a somar atrasos nos pagamentos do Estado e das empresas públicas ao sector privado por causa da desvalorização da moeda nacional, o kwanza.

A unidade de análise da revista britânica The Economist afirma que "o Governo está a tentar minorar o problema causado pela descida do preço do petróleo e consequente escassez de divisas, promovendo as iniciativas não relacionadas com o petróleo, mas a falta de reservas estrangeiras está a manietar os esforços para desenvolver outras partes da economia".

"Há várias empresas que estão a reportar dificuldades em pagar aos fornecedores estrangeiros e em processar salários, e isto criou gargalos em vários setores económicos, incluindo a construção e a indústria", dizem os analistas.










3 Comentários:

Marcos Antonio Alves de Mirand disse...

Custou 17 Bilhões se feita pelo o PT teria custado 200 Bilhões, o partido mais corrupto que já vi na minha vida.

Eden Alexandre disse...

e com certeza seria entregue uma decada apos o previsto

newber disse...

Nossa uma obra bem planejada e execução fora do normal. A todos os envolvidos que Deus possa iluminar que outras como esta, possa ser construída. Gostaria muito um dia ir nesta obra só para aprender a evoluir como profissional, mas principalmente como pessoa. Uma obra deste tamanho certamente tem um controle de Qualidade que vale a pena aprender e aplicar no meu dia a dia e me tornar um homem digno de responsabilidade e seriedade. Evoluir coletivamente deve ter sido o maior desafio de todos desta obra,porém , é fato que funcionou e gerou o Maior fruto que já vi nas engenharias. Deus seja com todos para que aprendamos a nos espelhar na conduta do ser humano que evolui em equipe.

Publicar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO