terça-feira, 17 de novembro de 2015

Mercado imobiliário continua em crescimento

Os Snapshots Portugal, publicados trimestralmente pela Cushman & Wakefield, resumem a atividade dos setores de escritórios, retalho e industrial em cidades-chave, analisando tendências recentes, bem como dados de mercado e o seu impacto no setor imobiliário comercial.

Segundo a edição referente ao terceiro trimestre deste ano, o setor de escritórios em Lisboa registou um novo crescimento, potenciado pela recuperação económica, estabilidade da taxa de desemprego, e aumento da confiança das empresas. Apesar de as rendas brutas se manterem estáveis, existe uma tendência por parte dos proprietários para reduzir os incentivos concedidos a novos ocupantes em resultado do aumento da procura. Os investidores também mostram uma forte dinâmica neste setor, sendo este o melhor trimestre do ano até à data.

O setor de retalho evolui em linha com a economia, retratada por uma recuperação da confiança dos consumidores e empresas. Também as vendas a retalho refletem a evolução positiva, tendo registado um aumento de 0,7% em Agosto em comparação com o mês homólogo do ano anterior. Este setor mantém-se muito atrativo para os investidores, quer em comércio de rua, conjuntos comerciais ou unidades stand alone.
Relativamente ao mercado industrial e de logística, a recuperação da economia ainda não produziu efeitos positivos no setor. A procura de espaços logísticos e de armazéns é maior, embora ainda relativamente fraca, apesar de os proprietários continuarem a oferecer incentivos generosos. Verifica-se um aumento de atividade no setor de investimento por parte de investidores internacionais especialmente no que se refere a imóveis logísticos.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO