quinta-feira, 23 de abril de 2015

Administrador do Grupo Lena foi detido

Joaquim Barroca Rodrigues, administrador do Grupo Lena, foi detido quarta-feira à noite, após buscas realizadas na sede da empresa em Leiria. Joaquim Barroca Rodrigues foi detido no âmbito da Operação Marquês, que envolve o ex-primeiro-ministro José Sócrates. O administrador vai ser presente esta quinta-feira à tarde, no Tribunal Central de Instrução Criminal para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção.

Joaquim Barroca Rodrigues é um dos administradores do Grupo Lena e um dos principais accionistas, filho do fundador da empresa. No âmbito da Operação Marquês está detido desde Novembro do ano passado no Estabelecimento Prisional de Évora o ex-primeiro-ministro José Sócrates, indiciado por corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais. O processo tem também como arguidos João Perna, ex-motorista de José Sócrates, o empresário Carlos Santos Silva, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e o administrador da farmacêutica Octapharma Paulo Lalanda Castro.
A génese do grupo Lena remonta aos anos 50, quando, em Leiria, nasceu uma empresa ligada às terraplanagens e construção pela mão de António Vieira Rodrigues. Como Construtora Lena nasceu em 1974. Mas ao longo dos anos diversificou actividade. Acabou, nos anos mais recentes, por se tornar mais mediático devido aos contratos conseguidos na Venezuela e por ter entrado no negócio da comunicação social, com jornais locais e com o lançamento do jornal i, entretanto vendido e que actualmente pertence a capital angolano.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO