domingo, 11 de janeiro de 2015

Onde é mais barato comprar casa em Portugal?

O local onde se compra casa é decisivo para o preço a pagar, e em Portugal a variação do preço de uma casa é grande mediante a zona do país onde se procura. Num artigo do Observador são apresentados dados do custo de apartamentos T3 nas diversas zonas de Portugal. Assim, em Braga, a zona mais barata do país, o metro quadrado de um apartamento T3 custa cerca de 497€. A seguir a Braga, vem Bragança, mas o metro quadrado é substancialmente mais caro, chegando aos 633€.

As zonas mais caras de Portugal, sem surpresas, são o Porto e Lisboa, onde o metro quadrado de um apartamento T3 custa 2.000€ e 2.381€ respectivamente. Veja de seguida imagem onde se apresenta por ordem os distritos onde é mais barato comprar casa em Portugal.
Para mais detalhes, consulte o artigo do Observador, onde pode ainda ver quais os países onde é mais caro comprar casa.







9 Comentários:

AAA disse...

Coimbra não entra?

Al disse...

que atraso de noticia e coimbra não faz parte de portugal?

Engenharia e Construção disse...

"Por falta de anúncios estatisticamente suficientes, excluímos Coimbra, Santarém, Setúbal e Vila Real da análise."

Engenharia e Construção disse...

Leia a nossa resposta ao comentário anterior.

PedroS disse...

consiserando que Coimbra tem um mercado imobiliário fortíssimo acho muito estranho não terem conseguido anúncios suficientes para amostragem.

Iriam encontrar valores tão, ou mais altos, que Lisboa com apartamentos T0 com 43m2 no Bairro de Celas a custarem 110.000€

rc disse...

Lindo.. Coimbra não consta. E sim, já li a resposta mas como outros custa - me acreditar k tenham tido pouca amostra. Aliás custa - me acreditar k em plena crise imobiliária haja pouca amostra seja onde for. Mas pronto.

Rui Santos disse...

E Madeira e Açores?

Rodrigo Teles disse...

Acho estranho o distrito de Setúbal, nomeadamente os concelhos de Almada e Seixal, não originarem dados suficientes para a estatística. Gostava também de saber se o estudo é baseado em anúncios de casas à venda ou de casas vendidas. É que são coisas completamente distintas.

jose neto disse...

Este artigo só demostra como é feito o Jornalismo em portugal, sem qualquer rigor !!! faz me lembrar os politicos...
Enfim por falta de anuncuis estatisticamente suficientes ... !!! basta ir a Coimbra e consultar as imobiliarias existentes, os promotores imobiliarios, os bancos e a propria Camara Municipal...

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO