segunda-feira, 26 de maio de 2014

Garcia, Garcia constrói pórticos treliçados para a Flex 2000

A Garcia, Garcia, empresa nacional especializada na conceção e execução de unidades industriais, está a construir uma nave que contempla seis pórticos treliçados com vão de 67 metros de comprimento, 12 metros de afastamento e uma cércea de 20 metros – para a Flex 2000, em Ovar, cuja inauguração está prevista para julho. “São pórticos que, pela sua dimensão e especificidades técnicas, constituem uma obra de engenharia de referência, já que não é habitual em Portugal”, como explica Miguel Garcia, um dos administradores da construtora.

Com mais de 30 anos de experiência na produção de espumas flexíveis de poliuretano para a indústria de conforto, a Flex 2000 aumenta assim a sua capacidade produtiva com esta ampliação. Em construção estão mais duas naves industriais.

Construção de fundações especiais em solos arenosos e implementação de duas pontes rolantes suspensas na cobertura da unidade industrial foram outros dos principais desafios de engenharia que a Garcia, Garcia teve de ultrapassar nesta obra.

Responsável pela construção de unidades industriais e centros logísticos de empresas como Garland, Leica, Elis, Vieira de Castro, Salsa – Irmãos Vila Nova, Saertex, entre muitas outras, a Garcia, Garcia tem uma posição confortável no mercado nacional, com um serviço chave-na-mão e just in time, que, dependendo da obra, pode abranger desde a escolha da localização à construção, passando pela conceção e projeto de arquitetura e especialidades.







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO