quinta-feira, 9 de maio de 2013

DSTelecom promove fibra óptica no Salão de Inovação Rural entre 10 e 12 de Maio

A dstelecom, empresa do grupo dst (Domingos da Silva Teixeira) marca presença no Salão de Inovação Rural, evento que decorre entre 10 e 12 de Maio, no centro de exposições de Arcos de Valdevez. Centrado no que de mais inovador e avançado o mercado disponibiliza para o meio rural, este salão é uma oportunidade de excelência para as empresas apresentarem a sua oferta nos mais variados sectores, chegando assim a um público mais vasto e com necessidades diversas.

A dstelecom estará presente com um stand onde apresentará o seu projecto de fibra óptica, cujas Redes de Nova Geração em fase de conclusão abrangem o concelho de Arcos de Valdevez a partir da maior rede neutra de fibra em Portugal.

Pensada para aproximar o meio rural do novo paradigma das telecomunicações, a rede de fibra óptica que a dstelecom está a introduzir nas zonas mais interiores do país, permitirá, através dos operadores de telecomunicações, obter uma utilização da internet ultra-rápida e sem limite de tráfego, assim como chamadas ilimitadas para a rede fixa nacional, televisão com transmissão em alta definição e armazenamento de dados com alta capacidade, com a garantia de ligações de qualidade mesmo a imóveis mais isolados.

Esta oferta que a dstelecom vai apresentar no Salão de Inovação Rural, é tanto mais importante quanto a velocidade da informação é, cada vez mais, condição essencial para qualquer tipo de negócio, independente da sua localização ou ramo de actividade. Nesse sentido, a rede que a dstelecom tem vindo a instalar nas zonas rurais de Norte a Sul do país assume um papel charneira no esbater das assimetrias regionais e na promoção de um novo paradigma económico no Interior. É ainda garantia de uma maior igualdade de acesso das populações das regiões rurais às novas tecnologias, com preços competitivos em relação aos praticados no Litoral e nas grandes cinturas urbanas e uma oferta muito mais alargada.

Segundo Xavier Rodríguez-Martín, presidente executivo da dstelecom, “marcando presença neste Salão de Inovação Rural, a dstelecom reafirma o seu compromisso com a promoção e o desenvolvimento das zonas interiores e de menor densidade populacional, através de um projecto tecnológico inovador que vai permitir atenuar de forma pronunciada as diferenças de acesso às novas tecnologias na área das telecomunicações entre as diferentes regiões de Portugal.”.
O pilar central deste modelo de negócio, assenta no facto de a dstelecom se assumir como "operador de operadores", disponibilizando as infra-estruturas de fibra óptica necessárias a que as empresas de telecomunicações presentes no mercado prestem os serviços de televisão, voz e internet a todos os clientes empresariais e particulares nas zonas rurais do Norte, Alentejo e Algarve. Este investimento permite levar a cobertura de fibra óptica a locais onde até agora era reduzida ou mesmo inexistente.

O nome de rede neutra associado à infraestrutura que a dstelecom instala e disponibiliza a todos os operadores de telecomunicações deve-se ao facto de ser disponibilizada a todos os operadores com interesse em servir a comunidade, independente da sua dimensão, mas em igualdade de oportunidades. Assim, a dstelecom não fornecerá serviços de comunicações electrónicas ao público em geral, apenas disponibilizando os seus equipamentos para que terceiros o façam.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO