quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Sá Machado impugna concurso do cineteatro Garrett

A construção do cineteatro Garrett da Póvoa de Varzim está novamente parada, desta feita com a hipótese de perder os fundos que garantem a empreitada. Após uma primeira paragem por causa da falência do empreiteiro geral da obra, a A.M. Mesquita, agora foi a Sá Machado que suspendeu o processo por discordar da decisão do júri do novo concurso que a já referida falência da Mesquita originou. Nesse novo concurso o júri atribuiu a vitória no concurso à António da Silva Campos (ASC), mas a Sá Machado discorda da decisão e recorreu da mesma.

O Tribunal Administrativo já se devia ter pronunciado pois já passaram os 10 dias que tem para o efeito mas contínua sem saber a sua decisão. Este atraso faz com que o Município da Póvoa de Varzim tema perder o financiamento e que com isso não posso concluir a obra.

Na próxima reunião camarária deverá ser assinado o contrato e ordenado o início da obra, mesmo que o Tribunal Administrativo ainda não se tenha pronunciado até essa data. A Câmara está segura da legalidade do processo e por isso não quer arriscar a esperar e perder o financiamento do Fundo de Turismo.

A obra deverá então recomeçar ainda este mês, seja qual for o empreiteiro geral, e deverá estar finalizada antes do fim de 2012. O valor da obra é de cerca de 5 milhões de euros.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO