quinta-feira, 2 de maio de 2013

Fortress Belt na Bélgica e Holanda mobilado pela Larus

A Larus, empresa portuguesa de mobiliário urbano, foi seleccionada para mobilar o “Fortress Belt”, um projecto de reabilitação de uma linha de fortificações espanholas que se estende de Antuérpia, na Bélgica, às províncias da Zelândia e Brabante, na Holanda, construída entre os séculos XVI e XVIII para protecção das esquadras francesas.

A Larus será responsável por fornecer bancos, abrigos, escadas panorâmicas e estacionamento de bicicletas em materiais como a madeira câmbala escura e a chapa de aço, galvanizado e pintado, envernizado com anti grafiti.
Este programa de regeneração é apoiado por fundos comunitários e visa preservar a herança cultural e as raízes históricas, revalorizar o espaço para um uso integrado das comunidades locais, proteger a natureza envolvente e aumentar o potencial turístico e económico da região.

A incursão da Larus nos mercados belga e holandês decorre da criação de uma representação local que dinamiza junto de prescritores a marca portuguesa, reconhecida pela investigação no âmbito do Design e ‘know-how’ no domínio das tecnologias de produção.
Para Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, a expansão internacional da empresa em 2013 continuará a privilegiar os países como a Bélgica, França, Holanda e Alemanha, através do desenvolvimento de soluções à medida, inspiradas na história e na cultura de cada país com vista a reforçar e a valorizar as identidades locais. O gestor defende que “o Design nacional tem a responsabilidade ética de participar no desafio e na exigência de Portugal aumentar as exportações e de competir internacionalmente”.
De destacar que as exportações representam mais 40% do volume de negócios da empresa sediada em Albergaria-a-Velha e que a qualidade e a inovação dos seus produtos foram já distinguidas com os prémios de referência ‘Red Dot’ (Mundial) e ‘DME Award’ (Europeu).







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO