segunda-feira, 19 de março de 2012

Alemanha procura engenheiros

O Instituto Económico de Colónia indica que a carência de engenheiros no mercado alemão cause prejuízos na ordem dos 8.500 milhões de euros do PIB daquele país. A Associação Federal de Engenheiros afirma mesmo que há 105.700 vagas para engenheiros no mercado alemão, sendo que todos os anos surgirão 20 a 30 mil novos empregos no sector das engenharias. Este défice de pessoal qualificado é um sério entrave ao crescimento económico alemão para o presente ano e até para o ano seguinte.

A deslocalização das empresas alemãs poderá estar a acontecer mais por causa da falta de mão-de-obra qualificada do que da procura de mão-de-obra barata, segundo Peter Löscher, presidente da Siemens.
Recorde-se que a somar à falta de engenheiros que existe na Alemanha, há também o facto do mercado da construção na Alemanha estar em crescimento.









2 Comentários:

Anónimo disse...

Fala-se tanto em "Alemanha precisa de Engenheiros!Brasil precisa de Engenheiros!Tudo isto em contraciclo com a degradação cada vez mais funda de Portugal!Gostava de ler noticias do género: "entidades competentes criam plataforma para Engenheiros Portugueses procurarem emprego!"

Anónimo disse...

Nossa!
Portugal ainda existe?
Pensei que os Mulçumanos já tinham dominado Portugal e virado Republica Arabe de Portugal.

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO