sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Construção de parede provisória no mercado do Livramento

Vai ser construída uma parede metálica provisória no mercado do Livramento, substituindo a que caiu na passada terça-feira e que provocou a morte a cinco operários da empresa responsável pela obra, a Alexandre Barbosa Borges - ABB. A construção desta parede já teve a aprovação do LNEC faltando apenas a do ACT que deverá surgir a qualquer momento. A parede deverá ser construída no prazo máximo de 48 horas. Recorde-se que os cinco operários falecidos ficaram soterrados após a queda da parede do mercado municipal do Livramento onde decorriam obras de ampliação do edifício.

Segundo algumas pessoas a ABB estaria a efectuar escavações junto à parede em causa quando se deu a derrocada. Houve ainda um trabalhador que ficou ferido sem gravidade porque se encontrava no interior da retroescavadora que manobrava. A execução desta obra estava a ser acompanhada por uma empresa de fiscalização e por uma técnica da Câmara Municipal de Setúbal.

A parede que caiu era já uma parede centenária, com cerca de 100 metros de comprimento e 8 de altura. De seguida ficam fotografias tiradas momentos após a derrocada da parede no mercado do Livramento.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO