terça-feira, 24 de outubro de 2017

Bysteel constrói no maior centro financeiro da Europa

A bysteel, do grupo dst, é a empresa responsável pelo projeto, fabrico e montagem de estruturas metálicas da Torre Trinity, uma torre de nova geração que será construída em La Défense, Paris, considerado o maior centro financeiro da Europa. A bysteel tem a seu cargo a conceção de ligações, fabrico e montagem de estrutura metálica e chapa colaborante do edifício Trinity, que se desenvolve numa superfície total de 52 000 m², em 32 pisos, onde se incluem 3 000 m² de novos espaços públicos e serviços.

De aspeto e forma inovadores, o edifício Trinity será composto por duas lâminas escalonadas e terá, nas fachadas Este e Oeste, varandas e jardins de modo a proporcionar uma maior entrada de ar natural em cada piso. Outra inovação particular desta torre de grande altura são os elevadores, que, ao contrário dos tradicionalmente escondidos, nas torres de La Defense estarão localizados pelo exterior do edifício, no sentido de ganhar luminosidade.

O projeto, que representa um volume de negócios de 6,8 milhões de euros para a bysteel, é um verdadeiro teste técnico, sendo o principal desafio a intervenção no ambiente denso do complexo empresarial de La Défense. A torre será construída sobre uma avenida de sete faixas de circulação que terão de manter-se ativas, bem como os serviços para bombeiros, autocarros e hóteis, entre outros.
A torre Trinity tem como objetivo obter as certificações ambientais mais exigentes, nomeadamente HQE - edifício nível excecional, BREEAM Excelente e a Regulamentação Térmica 2012 – 25%. É a primeira torre de escritórios em França a obter esta certificação HQE, cumprindo os 14 pontos do nível “alta performance”.

Segundo Rodrigo Crespo de Araújo, administrador da bysteel, “esta obra representa uma conquista muito importante para o portfólio da empresa, uma vez que se trata da construção de um edifício emblemático num dos mais reconhecidos epicentros de negócios do mundo.” A par desta empreitada, a bysteel tem atualmente em carteira, no mercado francês, mais de 30 milhões de euros em obras, entre as quais de destacam a nova fase do estádio Roland Garros, a segunda fase de intervenção do Aeroporto de Lyon e o hipódromo de Longchamps.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO