segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Crescimento na reabilitação urbana abranda

Após três meses consecutivos de forte subida na reabilitação urbana, o mês de Julho foi de estabilização. Porém verificam-se aumentos na carteira de encomendas e na produção contratada.

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOP) divulgou dados sobre a actividade da reabilitação urbana em Portugal e conta que, após 3 meses consecutivos de aumento da actividade, em Abril, Maio e Junho, de respectivamente 7,7%, 22,6% e 24,1%, em termos homólogos trimestrais, no mês de Julho registou-se uma variação de - 0,7%.

Estes resultados baseiam-se num inquérito feito aos empresários que operam no sector da reabilitação urbana e que para além de avaliar o crescimento, avalia também a evolução da Carteira de Encomendas que, por sua vez, continua a crescer, com uma variação de 26,8% em termos homólogos trimestrais.
Outro parâmetro avaliado foi a Produção Contratada em meses, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, que se fixou em 8,7 meses e que se traduz num aumento de 17,7% em termos homólogos.

---
Artigo escrito por Vânia Baptista.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO