quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Grupo dst reabilita edifício para habitação no centro de Lisboa

O grupo dst tem em mãos a reabilitação urbana de um edifício de habitação no centro de Lisboa para a execução de 33 apartamentos, no valor de 2,9 milhões de euros. Localizado no Largo do Mastro, entre a Rua do Saco e a Rua Conselheiro Arantes Pedroso, o edifício, de quatro pisos e com uma área bruta de construção de 3.100 m2, destina-se ao mercado residencial.

Nesta empreitada de reabilitação estão envolvidas várias empresas do grupo dst, nomeadamente a dst, s.a., responsável por todos os trabalhos da obra, a tmodular, que assume a execução de carpintaria e de outros trabalhos que envolvem a utilização de madeira, e a tgeotecnia, que fica com a responsabilidade dos trabalhos de fundações e microestacas.

Com assinatura do arquiteto Santa Rita e data de conclusão prevista para o primeiro semestre de 2017, esta obra reforça a carteira de clientes do grupo dst na área da reabilitação urbana, nomeadamente na baixa pombalina, onde o grupo tem já um importante portfólio de empreitadas realizadas. A título de exemplo, refiram-se os projetos Combro 7 e Lisbon 8, ambos situados na baixa pombalina e executados para o mercado residencial.
Para José Teixeira, presidente do Conselho de Administração do grupo dst, esta obra “reforça a nossa posição como empresa de referência na área da reabilitação urbana, um setor que assiste a um crescimento assinalável”, frisando ainda que “o nosso know-how e as soluções inovadoras que propomos em intervenções na malha urbana das cidades fazem de nós um parceiro de excelência, facto comprovado pelas inúmeras obras do género que temos vindo a executar”.







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO