quarta-feira, 27 de abril de 2016

Imovirtual ultrapassa as 30 milhões de visitas e disponibiliza mais de 1 milhão de anúncios

O Imovirtual acaba de divulgar os seus dados globais de 2015, que demonstram não só o reforço da liderança do portal, como as principais tendências no mercado imobiliário em Portugal durante o ano de 2015. O portal registou um total de 30.144.826 visitas ao site, um aumento de 41,64% face ao período homólogo, sendo que 57% das mesmas foram realizadas através de desktop e 43% através de dispositivos mobile, tendência que tem vindo a ganhar terreno.

No que respeita ao número de imóveis anunciados, este superou 1 milhão, sendo que os anúncios para venda representaram 79%, com um total de 849.221 e os de arrendamento alcançaram os 21%, num total de 228.362 imóveis. Lisboa foi o distrito que totalizou um maior número de anúncios, seguido do Porto, Setúbal, Faro e Aveiro.

Os imóveis de tipologia T2 são os mais procurados (34%), seguidos dos T3 (26%) e dos T1 (18%). Em termos de oferta, os T2 e os T3 andam a par e par como os imóveis com maior expressão no mercado (25%), sendo que os T0 representam 13%. No entanto, a procura por casas grandes, com tipologias de T5 a T10, disparou neste último ano, crescendo 68%.

Em termos de preço, o valor médio para arrendamento de um apartamento situou-se nos 741 euros, um aumento de 5,26% face a 2014. O preço médio de arrendamento de uma moradia aumentou cerca de 15%, fixando-se, em média, nos 1.464 euros. Já os preços de venda dos imóveis baixaram consideravelmente. O preço de venda de um apartamento diminuiu cerca de 8,35%, situando-se nos 148.700 euros e o de uma moradia por 280.218 euros, sofrendo um decréscimo de preço de 6,54%.
No Imovirtual é possível encontrar todo o tipo de imóveis para arrendar ou comprar, desde moradias, apartamentos, terrenos, quintas e herdades, garagens e estacionamentos, escritórios ou lojas. Em 2015, o imóvel mais caro colocado para venda no portal foi o conhecido Palácio da Comenda, inserido no Parque Natural da Serra da Arrábida, que continua à venda por 50 milhões de euros.







Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO