quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Recriação de um novo espaço público em Albergaria-a-Velha

A Larus concluiu o projeto de renovação do mobiliário urbano da área central de Albergaria-a-Velha, no âmbito da primeira fase do projeto de requalificação urbana. O novo espaço público foi mobilado com o banco “Ária”, inspirado nos bancos que o Cineteatro Alba trouxe à cidade nos anos 50 do século XX. O banco é constituído por uma estrutura em ferro fundido, metalizado e pintado e réguas de madeira Tali protegidas com verniz U.V.. As papeleiras “Urbus” e os pilaretes “Ufo” completam a gama de equipamentos instalados no centro cívico da cidade.

Este projeto de regeneração urbana, para além de pretender favorecer a afirmação de uma imagem urbana mais qualificada e a inclusão social, visava também resolver questões de sustentabilidade energética e ambiental. Para cumprir este objetivo, a Larus aplicou três colunas de iluminação com tecnologia LED - “Pérgola”, “Gemini” e “17º”.

A coluna de iluminação “17º”, da autoria do designer Francisco Providência e vencedora do Prémio Mundial de Design, apresenta uma linguagem lacónica inspirada numa vida reduzida ao essencial. A “Gemini” distingue-se por dois pontos de luz, uma linguagem depurada e um desenho racional. A “Pérgola” exibe funções decorativas e um desenho simples e contemporâneo.

No Ano Internacional da Luz, a iluminação pública é a aposta da Larus que lançou, no início do segundo semestre, uma linha de oito colunas de iluminação que pretendem criar um impacto positivo na paisagem urbana, no conforto dos cidadãos e na otimização da fatura energética.
Para Pedro Martins pereira, fundador da Larus, o projeto de renovação do mobiliário urbano de Albergaria-a-Velha, ao longo dos últimos meses, procurou valorizar o espaço público, no sentido de aumentar a frequência e a fruição da população, melhorando a qualidade de vida.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO