segunda-feira, 27 de julho de 2015

Oli cresce 6% no primeiro semestre

A Oli, líder ibérica na produção de autoclismos, cresceu 6% no primeiro semestre de 2015, em comparação com o volume de negócios do período homólogo do ano passado. Este comportamento foi impulsionado pelo aumento das exportações para a Europa e Médio Oriente. Os maiores crescimentos registaram-se na Alemanha (8%), mercado que representa 10% da faturação total, Jordânia (11%) e Israel (9%).

Destaque ainda para os resultados dos mercados do Médio Oriente, com a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos a registarem elevados aumentos de vendas, sobretudo ao nível das soluções mais inovadoras da marca. A taxa de exportação manteve-se nos 80%, com a OLI a ser comercializada em 60 países dos cinco continentes.

Em Portugal, a Oli cresceu 13%, o maior aumento registado nos últimos quatro anos. Este acréscimo foi impulsionado pela reabilitação urbana e pela renovação das infraestruturas do setor hoteleiro, orientadas pela adoção de soluções hidricamente sustentáveis que contribuam para a redução do consumo de água.
No segundo semestre, a Oli estima manter o ritmo de crescimento e encerrar o exercício com um aumento global de 10% face ao volume de negócios de 43 milhões de euros de 2014. Prevê-se que durante este período os Emirados Árabes intensifiquem a tendência de crescimento.

Ainda na segunda metade do ano, a OLI apresentará as últimas inovações da marca, no âmbito da semana aberta, em outubro, na sede em Aveiro.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO