sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Ramos Catarino Dois efectua obras de reabilitação nos Aeroportos de Lisboa e de Faro

Os Aeroportos de Lisboa e de Faro foram objecto de obras de reabilitação, em duas empreitadas adjudicadas pela NAV – Navegação Aérea de Portugal, à Ramos Catarino Dois – Empresa de Construção do Grupo Catarino. No caso do Centro de controlo de tráfego aéreo de Lisboa, trata-se da reabilitação da antiga sala de operações, que deverá ficar concluída já em Novembro, enquanto no de Faro a intervenção foi levada a cabo na respectiva Torre de Controlo.

Atendendo às necessidades de reabilitação de alguns dos espaços do actual centro de controlo de tráfego aéreo de Lisboa, a NAV lançou esta empreitada para a transformação do que era anteriormente um grande “open space”, numa funcional área de gabinetes, salas de reuniões, e áreas técnicas, com dois pisos ligados por escadas e por elevador, e com as indispensáveis características de segurança em instalações deste sector.

A profunda intervenção implicou demolições e substituição de coberturas, criação do piso intermédio, abertura de janelas, com a criação de novos espaços dotados de todas as condições de conforto e funcionalidade.

De salientar que as obras estão a ser executadas junto a serviços altamente sensíveis, que funcionam 24 horas por dia, pelo que obrigaram a especiais cuidados e a uma conjugação perfeita entre os técnicos de todas as entidades envolvidas.

Relativamente à Torre de Controlo do Aeroporto de Faro, trata-se de um edifício construído 1964, que fora remodelado em 1993, mas sofreu grandes danos após a ocorrência de ventos ciclónicos, em Outubro de 2012, necessitando de obras urgentes.
A intervenção levada a cabo pela Ramos Catarino Dois, para além da recuperação do edifício, com uma área de cerca de 2.500 m2, abrangeu não só a remodelação de interiores, com a criação de novos espaços de trabalho, mas também a respectiva valorização estética, nomeadamente através da actualização e modernização dos diversos materiais de revestimento interiores e exteriores.

De salientar que, de forma a executar os trabalhos em segurança no exterior da torre, foi montada uma estrutura de andaime suspensa na cobertura, a cerca de 25m de altura.

Com estas duas obras, a Ramos Catarino Dois volta a demonstrar a sua capacidade para assegurar todas as fases de qualquer obra, bem como para responder a desafios complexos, proporcionando a solução mais adequada a cada Cliente, a cada caso, seja qual for o sector de actividade e a complexidade do projecto.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO