terça-feira, 26 de novembro de 2013

Cushman & Wakefield assegurou a gestão de projecto do novo edifício do laboratório do St. Julians School

A Cushman & Wakefield (C&W) foi a consultora responsável pela gestão de projeto de um novo edifício no St. Julians School em Carcavelos. Este novo edifício, com cerca de 350 m2, é composto por duas salas de aula, salas de preparação (com os devidos equipamentos de laboratório) e uma zona de estufa para o cultivo de várias espécies de plantas. A construção foi iniciada em Julho de 2013 e foi concluída no início do ano letivo em Setembro.

Na construção do edifício, e de acordo com o conceito definido pelo colégio, foram aplicados princípios de sustentabilidade, nomeadamente na escolha de materiais reciclados e de origem local, bem como na implementação de práticas sustentáveis como a reutilização das águas pluviais para irrigação e coletores solares para aquecimento.

O St. Julian’s School é uma escola internacional com mais de 80 anos de história. A escola oferece a garantia de um elevado padrão de qualidade ao nível da educação, baseado no currículo nacional inglês. O St. Julian’s conta atualmente com mais de mil alunos, com idades compreendidas entre os 3 e os 18 anos de idade, provenientes de Portugal, do Reino Unido e mais de 45 países diferentes.

A equipa de gestão de projetos da C&W, em estreita colaboração com a escola, assegurou a prestação de um serviço integrado de gestão, incluindo a fiscalização dos trabalhos, gestão de planeamento, gestão da qualidade e controlo de custos.

Segundo António Vilhena, Head of Finance and Business Operations do St. Julians School, “Trabalho há vários anos com a equipa de gestão de projeto da C&W, e em projetos que nem sempre foram simples. O facto de, ano após ano, escolher a C&W para gerir vários projetos, demonstra a confiança na capacidade e lealdade da equipa para com os interesses dos clientes”.
De acordo com Matthew Smith, associate e diretor de gestão de projetos da C&W, “O principal desafio deste projeto foi sem dúvida a necessidade de fornecer um edifício ecológico, energeticamente eficiente e flexível num prazo muito reduzido. Tendo em consideração a especificação do edifício definida pelo St. Julians a única forma de cumpri-la dentro dos prazos definidos, era através de uma construção pré fabricada modular. Apesar dos obstáculos e constrangimentos do processo o projeto foi bem-sucedido e o resultado final foi bem recebido pela comunidade escolar.”









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO