segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Presidente da Mota-Engil diz que a construção em Portugal ainda se pode afundar mais

Gonçalo Moura Martins, presidente da Mota-Engil, admite que haverá um “ponto em que (a construção em Portugal) não cai mais”, mas afirma que ainda não chegou a esse ponto. “Não há concursos. Sentimos ausência total de investimento publico e privado. O sector continua num marasmo”, completou o presidente da Mota-Engil.

Do ponto de vista operacional, os resultados do último semestre foram os melhores de sempre da Mota-Engil, mas isso deveu-se aos bons resultados nos mercados internacionais. O mercado nacional deixou de ser a referência da empresa, afirmando Gonçalo Moura Martins afirmou que está "pouco optimista. Não vejo vontade, sinais ou factos que me dêem o mínimo optimismo”.

Recorde-se que há uns dias atrás demos conta do reforço da posição da Mota-Engil na América Latina.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO