quinta-feira, 27 de junho de 2013

Ampliação do sistema regional do Carvoeiro vai custar 25 milhões de euros e estará a cargo do consórcio DST/ABB

O consórcio liderado pela dst (Domingos da Silva Teixeira), e ao qual pertence também a ABB (Alexandre Barbosa Borges), tem a seu cargo a construção do sistema de abastecimento de água em Alta aos concelhos de Albergaria-a-Velha, Ílhavo, Aveiro, Oliveira do Bairro, Águeda e Estarreja, uma empreitada que compreende a reabilitação e reforço da ETA do Carvoeiro e a implantação de todo o sistema de captação. Os trabalhos implicam a execução de 101.578 ml de condutas de adução e água bruta, a construção de seis reservatórios de armazenamento de água potável e a Estação Elevatória do Beco. Esta empreitada, que resultará num investimento superior a 25 milhões de euros, é um dos maiores em curso este ano em Portugal no sector da hidráulica, designadamente no que concerne à execução de infraestruturas de água potável para abastecimento. A conclusão dos trabalhos está prevista para finais de Julho de 2014.

A cargo do consórcio está a execução dos trabalhos de instalação de tubagens em FFD e PEAD, as estruturas em betão armado e as instalações elétricas e hidromecânicas. A aplicação de tubagem em FFD, com revestimento interior em poliuretano, apresenta vantagens consideráveis, contribuindo de forma decisiva para a redução do consumo de cloro, situação particularmente importante nos troços onde a velocidade é mas baixa e, por isso, o tempo de retenção no interior da tubagem é maior. A ampliação do Sistema Regional do Carvoeiro implica também o projeto de construção civil em todas as especialidades necessárias à execução dos trabalhos, com particular incidência para as soluções de Engenharia Hidráulica, sector no qual o consórcio tem vindo a assumir um papel de referência em termos de inovação e desenvolvimento de soluções que melhor se adaptam às necessidades dos clientes.

O projeto para o sistema do Carvoeiro implica a execução de um “bypass” às duas condutas elevatórias de água bruta existentes, ficando fora de serviço os toros existentes que colidem com a execução das obras na nova ETA. Será ainda efetuado o reforço e reabilitação de furos e poços de captação de água subterrânea, uma nova captação de água superficial, e estação elevatória associada e a implantação de uma conduta elevatória de água bruta de captação superficial, para alimentação das câmaras de mistura rápida da linha de tratamento na nova ETA. No que concerne à intervenção na ETA existente, o destaque vai para a alteração do traçado das atuais condutas de água bruta de furos e poços, a reabilitação dos silos de cal apagada em termos de estanqueidade e total ausência de humidade e o reforço do sistema de neutralização de fugas de cloro por soda cáustica. A obra compreende também a execução da plataforma e da via de acesso, incluindo os necessários muros de suporte, para a implantação de órgãos e edifícios da nova ETA.
Para José Teixeira, presidente do Grupo dst, esta obra de ampliação do Sistema Regional do Carvoeiro “é reflexo da vasta experiência da empresa na construção de infraestruturas hidráulicas de grande complexidade, fruto do know-how onde a inovação é contínua na procura de soluções que melhor se adaptam aos requisitos dos nossos clientes". No entender de José Teixeira, "o caminho da inovação é determinante para a manutenção da solidez empresarial que temos orgulho em apresentar e que se traduz na preferência do mercado, conhecedor da qualidade de execução que é nosso predicado e do vanguardismo tecnológico aplicado nos trabalhos efetuados Portugal e no estrangeiro".

É ainda de referir que no conjunto dos projetos em execução encontra-se também envolvida a dte, empresa do grupo dst responsável pelas empreitadas elétricas e especialidades de instalações hidráulicas.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO