quinta-feira, 23 de maio de 2013

Mobiliário de Daciano da Costa instalado na Alta de Lisboa pela Larus

A Larus concluiu a instalação de mobiliário urbano na Alta de Lisboa, empreendimento situado a norte da cidade de Lisboa e um dos maiores da Europa. Este projecto envolveu a colocação de vários equipamentos, destacando-se as linhas “Comendador” e “Alta” da autoria do arquitecto e professor Daciano da Costa (1930-2005).

A “Comendador” encerra um simbolismo particular na medida em que foi desenhada em homenagem ao Comendador Augusto Martins Pereira (1885-1960), fundador da metalúrgica Alba e bisavô do fundador da Larus. Esta linha datada de 2004 contempla banco de jardim, bebedouro e sinalização urbana.
A “Alta” integra banco de jardim, coluna de iluminação e uma fonte. Participou ainda neste projecto o Atelier de Arquitectura Paisagista NPK que criou duas grelhas de caldeira de árvore - “Alta C” (redonda) e “Alta Q” (quadrada).
Estes equipamentos originais estão já à disposição do público desde o último sábado, 18 de maio, altura em que se realizou uma cerimónia de inauguração da Avenida Santos e Castro e do Eixo Central presidida por António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa.
De destacar que no início deste ano, a Larus integrou um outro projecto urbano em Lisboa – a Fundação Champalimaud, instituição de referência na investigação e tratamento clínico no âmbito das neurociências e da oncologia, onde colocou nos exteriores “bancos-degrau” da autoria de Inês Lobo, dissuasores “Vesúvio” de Alcino Soutinho e papeleiras “Urbus” de Pedro Martins Pereira.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO