segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Certiel oferece unidades de microprodução a 20 IPSS

A Certiel – Associação Certificadora de Instalações Eléctricas vai oferecer unidades de microprodução a mais 20 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). A oferta permitirá às instituições de solidariedade social tornarem-se produtoras de energia eléctrica  e beneficiar do pagamento mensal do valor de energia vendida à rede. Já anteriormente a Certiel tinha oferecido 30 unidades de microprodução a 30 IPSS, no âmbito da sua política de responsabilidade social e da campanha “Usar bem a energia é um dever de cidadania”, que pretende contribuir para enraizar em Portugal o conceito de Segurança Eléctrica.

À semelhança do que aconteceu em Fevereiro  a oferta contempla IPSS de diversos distritos de Portugal. A energia produzida pelos painéis solares fotovoltaicos das unidades de microprodução, que convertem a energia da luz do sol em energia eléctrica  será toda vendida à rede, que pagará mensalmente o valor dessa electricidade às IPSS. Estima-se que esse valor seja de cerca de 1.000 euros por ano (de acordo com o valor pago actualmente no regime geral do programa “renováveis na hora” ).

Carlos Ferreira Botelho, director geral da Certiel  explica que «estas são instituições de solidariedade que se debatem muitas vezes com gravíssimas situações financeiras, e quisemos por isso fazer uma oferta que trouxesse benefícios não só hoje, mas ao longo do tempo». Além da maior independência financeira, as instituições contribuirão para a sustentabilidade e eficiência energética do País, no que toca à importação de electricidade.

No âmbito da sua política de responsabilidade social, a Certiel oferece assim 50 unidades de microprodução a 50 IPSS de todos os distritos de Portugal. O investimento total desta acção ronda os 480.000 euros.

Para o apuramento das instituições contempladas, a Certiel contou com a colaboração da associação ENTRAJUDA, que seleccionou as IPSS com base num conjunto de critérios de ordem técnica relativos às instalações onde estas operam.

A campanha de sensibilização “Usar bem a energia é um dever de cidadania”, dinamizada pela Certiel  pretende alertar para a importância da segurança e da eficiência energética nas instalações eléctricas das habitações portuguesas. O website da iniciativa (http://www.certiel.pt/usarbemaenergia/) disponibiliza toda a informação sobre a segurança e eficiência eléctricas  e um filme que alerta, de uma forma prática, para alguns exemplos de mau uso da energia eléctrica e situações de insegurança.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO