segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Edifício ‘Lisbon Stone Block’ nomeado para Prémio Mies van der Rohe

"Lisbon Stone Block", edifício em Lisboa projectado pelo Gabinete Souza Oliveira Arquitectura e Urbanismo, e construído pela Ramos Catarino, acaba de ser nomeado para o Prémio Mies van der Rohe, o mais importante galardão de arquitectura atribuído pela União Europeia, através do Parlamento Europeu e da Comissão Europeia, e pela Fundação Mies van der Rohe. O objectivo deste prémio, criado em 1987, é promover projectos de excelência e inovação, caracterizados por uma construção de elevada qualidade e sublinhar o papel desempenhado pelas actividades culturais enquanto motores de criatividade e inovação na Europa.

Edifício residencial sofisticado e de linhas arrojadas, o "Lisbon Stone Block" apresenta como marca distintiva uma fachada em mármore de Carrara, pedra nobre famosa desde a Roma Antiga e utilizada para construir o célebre Panteão (que ainda hoje se pode admirar na capital italiana), bem como muitos outros monumentos e esculturas de artistas famosos.
Projectado pelo arquitecto Alberto de Souza Oliveira, este edifício invulgar devolve ao espaço urbano uma área de mais de 6.500 metros quadrados de uma qualidade habitacional superior. São 20 apartamentos de habitação (de tipologias T1 a T5), uma loja e cave com 42 lugares de estacionamento, situados no centro da cidade – na esquina da Avenida Visconde de Valmor com a Avenida Defensores de Chaves. A habitação ocupa uma área total de 4.030m2 e o espaço comercial 240m2.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO