segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Tecnovia vai colocar 500 trabalhadores em lay-off

Já no início de Setembro serão colocados os primeiros trabalhadores em lay-off, mas o processo acabará por abranger cerca de 500 trabalhadores. A denúncia surgiu pelo presidente do Sindicato da Construção e na origem desta decisão estará a paragem nas obras das concessões rodoviárias do Alentejo e Algarve. Trata-se da Concessão Rodoviária Baixo Alentejo e da subconcessão Algarve Litoral, ambas assinadas em 2009 no Governo de José Sócrates.

"É uma empresa que se dedica a betuminosas, a estradas, e como estão a mandar parar as obras, as empresas recorrem ao lay-off ou à falência, atirando muitos trabalhadores para o desemprego", explicou Albano Ribeiro, presidente do Sindicato da Construção.

Para o presidente do Sindicato da Construção "Se o ministro da Economia persistir nesta direcção e não apostar em obras de requalificação de estradas e pontes será o coveiro do sector".
A Tecnovia - Sociedade de Empreitadas, S.A. faz parte do universo da Tecnovia SGPS, uma das maiores do sector da construção em Portugal e que tem mais de 700 trabalhadores, sendo que, como já referido no artigo, cerca de 500 serão abrangidos pelo lay-off.

Recorde-se que a Tecnovia foi notícia há pouco tempo no nosso site por pertencer ao consórcio que assumiu uma obra que estava a cargo da Sá Machado.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO