terça-feira, 19 de junho de 2012

Londres 2012 - Vida Saudável e Jogos Olímpicos (II)

Muitas vezes acontece que no mercado as laranjas têm um verniz para lhe dar mais cor, para que fiquem mais bonitinhas e vender mais! Isso é proibido! As laranjas ficam assim disfarçadas. E claro na casca ficam depositados os agro-tóxicos! Estes trazem problemas com seu manuseio até para os camponeses. Agora a agricultura orgânica, aquela sem agro-tóxicos é outra coisa! Na Europa uma alface menor, aliás orgânica, custa mais caro que una mais grandona de vivas cores, esta sim com agro-tóxicos. Lembremos que o alimento bom para o consumidor é bom para o meio ambiente.

O estilo de vida saudável está muito ligado a outros temas sustentáveis; e aos princípios da saúde e da felicidade do “One Planet Living” ®. O comitê organizador dos Jogos e seus parceiros estão comprometidos em maximizar os benefícios para a saúde dos espectadores, para a força de trabalho, e para o Reino Unido todo. Enquanto aos parceiros dos Jogos temos a Coca-Cola, Mc Donald´s, os chocolates Cadbury mmm…E ainda parceiros de energias sustentáveis como EDF Energy, BT, etc
O masterplan das Olimpíadas compreende atuações nas áreas de Saúde & Segurança, como as temos também na indústria: HSE & S, quer dizer Health, Safety (proteção), Environment & Security (patrimônio). E também melhoras da terra contaminada, limpeza das vias de água poluídas, qualidade do ar, e claro a alimentação sadia.
Desde Outubro do 2006, foram feitas 3.000 pesquisas para vasculhar e mapear as áreas poluídas. Lembrando que as Olimpíadas de Beijing foram no 2008, as de Londres acontecem no 2012, quanta antecedência e previsões! Óptimo. Aconteceu que solo estava contaminado com azeite, petróleo, alcatrão, cianeto e arsénico (são venenos), chumbo; e baixos níveis de radioatividade.

Tudo isso após décadas de uso industrial sem controle. Então para construir as instalações e a infra-estrutura, foi necessário fazer a limpeza e ordenar um território das 245 hectares. Assim foram demolidas 200 edificações, o 97% do entulho foi reusado, por exemplo para fazer o concreto; o que significa que esse 97% não foi para o aterro sanitário! Maravilhoso! Também 8 prédios de estrutura de aço tiveram retrofit para serem usados como prédios de escritórios. Atenção engenheiros e arquitetos: sua responsabilidade não termina quando a obra é entregue ao dono, é necessário ter mais responsabilidade com nosso meio ambiente.
Finalmente com as escavações foram descobertos 140 sítios arqueológicos da pré-história, da época romana, e da vitoriana; 2.000.000 m³ de terra foram deslocados para fazer a base da “grande edificação“ do Olympic Park.


Se gostou deste artigo, leia também:
---
Artigo escrito por Roberto Steneri, Arquitecto e Urbanista pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-Brasil. Por convite escreveu um book review para o Journal of Latin American Geography da Universidade do Texas.









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO