domingo, 10 de abril de 2011

Lisboa vai ter mais 29 hotéis

A capital portuguesa tem em construção ou em projecto 29 novos hotéis, na sua maioria são de cinco estrelas. Até 2012, vão já abrir 17 unidades.

A oferta hoteleira de Lisboa - que hoje já conta com 118 hotéis - vai crescer nos próximos cinco anos. De acordo com dados da consultora imobiliária Aguirre Newman, estão em construção e/ou em projecto 29 novas unidades, dos quais sete devem inaugurar já este ano e 10 abrem em 2012. É o caso do Sana Vasco da Gama, do Hotel Residencial Figueira, que ficam prontos este ano, ou ainda do Memmo Alfama, que deverá abrir já no próximo ano. Os restantes 12 estão em ‘pipeline' e, apesar de alguns terem datas anunciadas para 2011 e 2012, tudo indica que sejam adiados, disse ao Diário Económico, Paula Sequeira, uma das responsáveis do departamento de Estudos de Mercado da Aguirre Newman.

De acordo com esta gestora, a crise económica tem vindo a adiar vários projectos imobiliários e os hotéis não fogem à regra. É por isso expectável que alguns dos projectos apenas fiquem concluídos dentro de cinco ou, na pior das hipóteses, seis anos. Mesmo na lista dos 17, que estão previstos abrir nos próximos dois anos, há casos em que prazo pode derrapar.

"Dos sete hotéis previstos para este ano, as únicas certezas que temos são os que já estão em construção e que são o Sana Vasco da Gama Royal Hotel, o Hotel Olissippo Oceanos Congress Centre & SPA, o CS Palace Lisboa Hotel e o Hotel Residencial Figueira", referiu Paula Sequeira. Dos 10 que estão previstos para 2012, apenas um - o Sana Amoreiras, na Avenida Duarte Pacheco - está em construção.

Mais cedo ou mais tarde, e a confirmarem-se todas estas inaugurações, Lisboa aumentará a sua oferta em 3.110 quartos, aproximando-se cada vez mais de uma oferta total de 45 mil quartos, sublinha o estudo da Aguirre Newman.

Maioria de cinco estrelas
Dos 29 hotéis que vão inaugurar nos próximos anos, 15 são de cinco estrelas, um mercado que, segundo alguns especialistas começa a correr o risco de ficar saturado. A vice-presidente de marketing da cadeia internacional Four Seasons, Susan Helstab, disse, em recente entrevista ao Diário Económico, que não pretendem abrir mais nenhum hotel em Lisboa "porque o mercado não o suportaria". Recorde-se que a Four Seasons apenas abre hotéis de cinco estrelas.

A isto junta-se o facto de, nos últimos dois anos (no período pós-crise), a procura ter incidido maioritariamente em unidades de três estrelas. De acordo com o estudo da Aguirre Newman, em 2010, a taxa de ocupação dos hotéis de três estrelas esteve nos 71,9%, mais 2,7% que em 2009. Já nos cinco estrelas, a taxa de ocupação esteve nos 52,8%, o que mesmo assim representou um crescimento de 11%.

Para uma das responsáveis da Aguirre Newman, Patrícia de Melo e Liz, fazer hotéis de três estrelas pode ser uma boa aposta, mas o importante é mesmo diversificar a oferta hoteleira da cidade de Lisboa. Uma opinião que o presidente da Associação de Hotéis de Portugal, Miguel Júdice, não partilha.

Detalhes de algumas das unidades a abrir em breve:

CS Palace Lisboa Hotel - Abre a Junho de 2011
O CS Palace Lisboa Hotel é um hotel de cinco estrelas em Belém, que surge da recuperação da antiga casa do Governador da Torre de Belém. Construído sobre vestígios romanos dos século II a IV DC, o edifício ostenta um estilo palaciano e na antiga capela surge agora a recepção. Terá 60 quatros e um Spa.

Sana Vasco da Gama - Abertura prevista para 2011
O Sana Vasco da Gama Royal Hotel está situado num dos principais monumentos da história moderna de Portugal. Colado á Torre Vasco da Gama, é um projecto de cinco estrelas com 186 quartos que se arrasta há mais de cinco anos. O desenho é do gabinete de arquitectura de Nuno Leónidas.

Sana Amoreiras - Abertura prevista para 2012
Situado na Avenida Duarte Pacheco, perto das Amoreiras e do empreendimento Nova Amoreiras (que está a nascer mesmo atrás) fica o Sana Amoreiras Royal Hotel, uma unidade que já está em acelerada construção e que deverá ficar pronto em 2012. Também é de cinco estrelas e terá 339 quartos.

Fonte: Económico









Seja o primeiro a comentar

Enviar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO